• White/Preto
  • Padrão

Current Style: Padrão

Governo do Estado do Pará

Você está aqui:

Abertura das inscrições em cursos presenciais de educação profissional e tecnológica, nas modalidades de formação inicial, aperfeiçoamento e qualificação profissional

Sectet - ter, 17/10/2017 - 11:05
Data do Edital: 17/10/2017

O presente Edital tem por objeto a abertura de 1.200 vagas em 60 Cursos de Educação Profissional e Tecnológica, distribuídas em 580 vagas em Formação Inicial, 320 vagas em Aperfeiçoamento Profissional e 300 vagas em Qualificação Profissional, na modalidade presencial, destinados a jovens e adultos, a serem executados por Unidades de Ensino do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR Regional Pará, com distribuição de vagas e período de realização de acordo com o Anexo I, II e III deste Edital.

ANEXO I

ANEXO II

ANEXO III

ANEXO IV

ANEXO V

ANEXO VI

INSCRIÇÕES AQUI

AnexoTamanho Edital 005/201775.36 KB
Categorias: Notícias

Pará Profissional oferece mais 1200 vagas para cursos em 24 municípios paraenses

Sectet - ter, 17/10/2017 - 10:32
17/10/2017

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) abriu inscrições para o preenchimento de 1200 vagas, distribuídas em 60 cursos, oferecidos por meio do Programa Pará Profissional. As aulas ocorrerão em 24 municípios paraenses, espalhados em nove Regiões de Integração do estado do Pará.

Os cursos têm caráter teórico-prático, presenciais, dirigidos a apoiar atividades produtivas voltadas aos setores da agricultura, pecuária, agrossilvopastoril e agroindústrias. São oferecidas 580 vagas em formação inicial, 320 em aperfeiçoamento profissional e 300 em qualificação profissional.

As aulas terão início, variando entre cada curso, entre os meses de outubro a dezembro de 2017 e serão executadas por unidades de ensino do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) – regional Pará. Para estarem aptos à matrícula, os participantes devem ter idade mínima de 18 anos completos no momento da inscrição e atender aos níveis de escolaridade e pré-requisitos exigidos no edital.

Entre os cursos oferecidos estão os de agricultor, agricultor orgânico, operador de máquinas e implementos agrícolas, floricultura, manejo sanitário de bubalino de leite, doma racional de animais e muitos outros.

Em setembro, a Sectet já havia aberto edital oferecendo 1345 vagas de qualificação profissional. Na ocasião, os cursos eram dirigidos a apoiar atividades do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, em vinte municípios, pertencentes a dez Regiões de Integração.

Pará Profissional - O Programa, amparado pela Lei no. 8.427, de 16 de novembro de 2016, é um dos instrumentos de combate à desigualdade interregional no Estado por meio da qualificação profissional da mão de obra local. Ele é executado de maneira a atender as demandas condizentes com as necessidades das cadeias produtivas de cada município ou região, o que o torna mais eficaz no sentido de geração de emprego e renda para a população.

Serviço:  As inscrições podem ser realizadas diretamente em aqui. Edital e anexos estão disponíveis aqui.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Feira Estadual de Ciência Tecnologia e Inovação começa no dia 24 de outubro

Sectet - seg, 16/10/2017 - 14:58
16/10/2017

As produções científicas paraenses estarão em destaque entre os dias 24 e 26 de outubro, das 9h às 19h horas, na Estação das Docas em Belém. Nesse período, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), realiza a 8ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Popularizar o ensino da ciência no Estado e despertar o interesse pela área é um dos principais objetivos do evento. Serão três dias em que pessoas de todas as idades poderão constatar que a tríade “ciência, tecnologia e inovação (CT&I)” está presente em todos os momentos do nosso cotidiano. A programação será composta por atividades para crianças, jovens e adultos. No total, 25 estandes reúnem universidades, empresas e instituições que levarão à Feira projetos e trabalhos ligados às áreas de CT&I.

O destaque da programação é a palestra do astronauta brasileiro Marcos Pontes, que ocorre logo após a abertura oficial no primeiro dia de Feira. O evento terá também a exibição do espetáculo “Cabanos”, do Grupo Encenação; aulões de revisão para o Enem promovidos pelo Propaz Enem; a mesa redonda “A política de Ciência e Tecnologia do Pará e os desafios da inovação enquanto motor do desenvolvimento sustentável”; além de muitas outras atividades, envolvendo temas como preservação ambiental, minérios e minerais, história do universo, matemática, segurança pública, tecnologias sociais, economia e empreendedorismo.

A programação é inteiramente gratuita. Para oficinas, palestras e mesa redonda, o público deve chegar 30 minutos antes ao local de cada atividade. No caso da palestra do astronauta Marcos Pontes, serão distribuídos convites, durante todo o dia 24, na sala de coordenação do evento. Já para o espetáculo “Cabanos”, os convites serão distribuídos, na sala da coordenação, nos dias 24 e 25. As inscrições para os aulões do Pro Paz Enem podem ser feitas pelo site da Fundação. A programação completa da Feira está disponível em www.semanact.pa.gov.br .

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Belém recebe workshop focado em empreendedorismo de impacto

Sectet - ter, 10/10/2017 - 14:32
10/10/2017

Nos dias 17 e 18 de outubro, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Federal do Pará (PIEBT/Universitec/UFPA) e o Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá) realizam em Belém, em parceria com o Instituto Cidadania Empresarial (ICE), o workshop Conexões – Novas Narrativas de Negócios, focado em empreendedorismo de impacto. O investimento é R$ 30,00 para o público em geral e R$ 10,00 para estudantes. As inscrição estão abertas até o dia 13 de outubro e podem ser realizadas  no link http://bit.ly/WorkshopConexoes. As vagas são limitadas.

O evento é voltado a empreendedores, gestores, consultores e estudantes interessados em empreendedorismo e inovação. A programação conta com três palestras e quatro mesas redondas, que abordam os temas criação e financiamento de negócios de impacto, geração de valor, relatos de experiência e cultura maker.

Participam da programação instituições com relevância nacional, como o ICE, Vox Capital e Kaeté Investimentos, além de iniciativas com atuação regional, como o Centro de Empreendedorismo da Amazônia, Banco Tupinambá e FAB LAB Belém, entre outros.

A proposta do workshop surgiu a partir de uma premiação nacional concedida ao PIEBT e PCT Guamá em julho deste ano. As instituições participaram da 2º edição do Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto, organizada pelo ICE, Anprotec e Sebrae. A partir de então, foi criada uma agenda de trabalho para fomentar o fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo de impacto na região.

“Ser um dos vencedores possibilita suporte técnico, de serviços e financeiro para a inserção de negócios de alto impacto na estratégia do PIEBT e do PCT, expandindo nossa área de atuação”, comenta Iara Neves, coordenadora da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UFPA.

“É um papel estratégico o PCT e a Universitec passarem a incentivar empreendimentos de negócio de impacto. O nosso estado tem um potencial enorme, que pode ser mais trabalhado”, comenta o diretor presidente do Parque de Ciência e Tecnologia, Antônio Abelém.

Programação

17 de outubro  (terça-feira)

- 14h às 14h30: Credenciamento;
- 14h30 às 15h10: Palestra 1 “Criando empresas em Universidades: um caminho para o desenvolvimento econômico e social do Brasil”;
- 15h10 às 15h50: Palestra 2 “Diálogo sobre Finanças Sociais e Negócios de impacto - soluções para problemas sociais e ambientais”;
- 15h50 às 16h50: Mesa redonda 1 “Criando impacto social na Amazônia: os desafios de quem faz”;
- 16h50 às 17h20: Coffee break;
- 17h20 às 18h: Mesa Redonda 2 “Como criar negócios de impacto?”.

18 de outubro  (quarta-feira)

- 14h às 14h30: Credenciamento;
- 14h30 às 15h10: Palestra 3;
- 15h10 às 15h50: Mesa redonda 3 “Como desenvolver a cultura maker na Amazônia: os desafios de quem faz”;
- 15h50 às 16h50: Mesa Redonda 4 “Como obter financiamento para um negócio de impacto?”;
- 16h50 às 17h50: Coffee break, networking e encerramento

Sobre as instituições organizadoras

PIEBT/UFPA – Criado em 1995, como Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT) é uma iniciativa pioneira na região Amazônica, cujo objetivo é atender demandas locais por serviços especializados na criação e no posicionamento de empresas de base tecnológica no mercado, aproveitando o potencial dos recursos da biodiversidade. A partir de 2009, passou a ser uma Coordenadoria da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPa), já conta com mais de 50 empresas apoiadas.

PCT Guamá – Construído em Belém, em uma área de 73 hectares cedida pela UFPA e pela UFRA, o PCT Guamá é o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na região Norte. A construção e consolidação do espaço são de responsabilidade do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). O parque tecnológico abriga laboratórios de P&D que oferece serviços variados para os setores público e privado, além de startups e empresas que tenham por essência o investimento em inovação.

ICE – O Instituto de Cidadania Empresarial é uma organização que desenvolve uma articulação de líderes e atua no fomento de Inovações, que possam gerar impacto positivo em populações de baixa renda. A visão da Instituição é mobilizar mais recursos com empresários e investidores, para iniciativas com impacto social positivo mensurável e sustentabilidade financeira.

Serviço: Workshop Conexões – Novas Narrativas de Negócios, dias 17 e 18 de outubro, das 14h às 18h, no auditório do Espaço Inovação do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá - Avenida Perimetral, km 01, s/n (entre o campus da UFPA e da UFRA). Lotação máxima: 70 lugares. Investimento: R$ 30,00 público em geral e R$ 10,00 para estudantes Inscriçõs: http://bit.ly/WorkshopConexoes. Mais informações: (91) 3321-8900.

Texto: Juliane Frazão (Ascom/PCT Ascom)

Categorias: Notícias

Sectet recebe visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré

Sectet - sex, 06/10/2017 - 12:03
06/10/2017

Na tarde desta quina-feira, 5, os servidores da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) receberam a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, que visitou a instituição em comemoração às festividades do Círio. Na ocasião, os servidores participaram de um momento de oração celebrado pelo diácono José Maria de Araújo.

A imagem peregrina foi recepcionada pela secretária adjunta da Sectet, Maria Amélia Enriquez, que destacou a emoção sentida pelos devotos quando chega o mês de outubro na capital paraense. “Não importa quão ‘casca dura’ a vida tenha nos deixado, mas graças a Nossa Senhora de Nazaré, o nosso coração se derrete e somos invadidos por um sentimento único, de gratidão, de amor e de esperança. Não há olhos que não lacrimejem quando a imagem da santa majestosa em sua berlinda lança seu brilho sobre todos nós os pecadores, tão necessitados”, refletiu a adjunta.

Ao término do rito sumário, os servidores foram abençoados com água benta e, em seguida, confraternizaram em um lanche coletivo.

Texto: Ascom/Sectet

 

Categorias: Notícias

1º Congresso Paraense de Tecnologia, Educação e Inovação será realizado em Belém

Sectet - qua, 04/10/2017 - 10:27
04/10/2017

O GEG Belém realiza, nos dias 13, 14 e 15 de outubro de 2017, a 1ª edição do COPATEI (Congresso Paraense de Tecnologia, Educação e Inovação). O evento tem como objetivo integrar a comunidade acadêmica com profissionais do mercado e empresas de tecnologia, por meio da apresentação e discussão de assuntos ligados ao desenvolvimento tecnológico.

O COPATEI é um evento sem fins lucrativos que unifica a comunidade de tecnologia- estudantes, tecnólogos, pesquisadores, professores, especialistas e empresários- na missão comum de compartilhar informações dos mais diversos campos do conhecimento.

O Congresso será realizado anualmente e tem a expectativa de atrair mais de 600 visitantes nessa primeira edição, que é aberta ao público. Os inscritos participarão de Exposição Tecnológica, Atividades Culturais, Painéis Temáticos, Simpósio de Iniciação Científica e Tecnológica.

Palestras serão proferidas sobre diversos temas, tais como: Informação e Comunicação, Gestão e Negócios, Infraestrutura, Hospitalidade e Lazer, Controle e Processos Industriais, entre outros. Além disso haverá workshops, minicursos e apresentações culturais.

Em todos ocorrem apresentações e debates, é a grande oportunidade para que as Empresas interajam com Fornecedores, Especialistas e Estudantes que atuam nos Mercados de produtos e serviços relacionados à Tecnologia.

No segundo dia de evento, a partir das 15 horas, o diretor de Educação Profissional e Tecnológica da Sectet, Luís Blasques, fará uma exposição sobre o Programa Pará Profissional, coordenado pela Secretaria. A programação completa do evento está disponível em www.copatei.com.br .

Texto: Organização do evento (com informações da Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Sectet lança oficialmente a 8ª edição da Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Sectet - seg, 02/10/2017 - 09:37
02/10/2017

A 8ª edição da Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação teve seu lançamento oficial nesta sexta-feira, 29, durante o “Café com Planejamento”, evento realizado mensalmente pela Secretaria de Planejamento (Seplan). A Feira, organizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), é considerada um dos maiores eventos de popularização científica do Pará e será realizada no período de 24 a 26 de outubro, na Estação das Docas, com entrada franca.

 Secretária adjunta proferiu palestra no "Café com planejamento".

O projeto da Feira e a programação foram apresentados pela Coordenadora de Ciência e Tecnologia da Sectet, Nilda Freitas, e pela adjunta da Secretaria, Maria Amélia Enríquez, que também proferiu uma palestra sobre “O papel da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento do empreendedorismo inovador”. A 8ª edição da feira traz como tema “A Matemática está em tudo”, mesmo tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, a qual é organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

“Será um evento para reunir o que tem de mais interessante da produção científica e tecnológica do nosso Estado, e tudo está sendo preparado a partir de um único objetivo: despertar o interesse pela Ciência e o espírito inovador da sociedade paraense”, afirmou a Secretária Adjunta.

Programação – Além de um espaço de aprendizagem, a Feira é uma ótima oportunidade de lazer, já que há várias atividades destinadas a demonstrar como a Ciência pode ser divertida e envolvente. Ao todo, 25 estandes comporão a área destinada a exposição de trabalhos e experimentos de universidades, empresas e instituições paraenses de ensino e pesquisa.

O astronauta brasileiro, Marcos Pontes, é convidado especial da Feira, e fará uma palestra na abertura do evento, na qual abordará as curiosidades do Espaço Sideral.  Oficinas, mesas-redondas e minicursos que abordam temas científicos também compõem a programação.

Um dos destaques será a mesa-redonda “A política de Ciência e Tecnologia do Pará e os desafios da inovação, enquanto motor do desenvolvimento sustentável”, cujo objetivo é debater com representantes do setor produtivo, das instituições de ciência e tecnologia e sociedade civil, as potencialidades e os desafios da política de CT&I para o desenvolvimento sustentável do Pará. Na ocasião, será feito o lançamento do edital de chamada pública para seleção de projetos de Tecnologias Sociais.

Música, teatro, dança e outras linguagens artísticas, voltados a crianças, jovens e adultos, também terão espaço na Feira. Dentre os destaques, está a apresentação do Coro Universitário da UFPA (CorUni) e do Grupo de Teatro Encenação, que apresentará a peça “Cabanos – Uma viagem no tempo”.  

A Fundação Pro Paz marcará presença no evento com os tradicionais “aulões” do Pro Paz Enem, com dicas e informações para os jovens do Pará, já que a Feira ocorre pouco mais de uma semana antes do Exame Nacional. Todas as palestras contarão com traduções automáticas em línguas de sinais, que serão feitas por grupo de estudantes da Escola Estadual Vilhena Alves.

A programação completa da Feira e as informações sobre inscrições para oficinas e minicursos estarão disponíveis a partir do dia 10 de outubro no site do evento: www.semanact.pa.gov.br.

Serviço:

VIII Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Data e Local: de 24 a 26 de outubro, das 9h às 19h, na Estação das Docas

Mais informações pelo site: www.semanact.pa.gov.br

 

Texto: Igor de Souza  (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Governo do Pará garante efetiva utilização de fibra ótica instalada no Estado

Prodepa - qua, 27/09/2017 - 15:00
27/09/2017 - 14:45

Na manhã desta quarta-feira (27), ocorreu a assinatura do segundo Termo Aditivo ao Termo de Cooperação Técnica no 003/2010, celebrado entre Estado do Pará, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional Tecnológica (Sectet); Empresa de Tecnologia da Informação e da Comunicação do Estado do Pará (Prodepa); e Linhas de Xingu Transmissora de Energia S/A (LXTE), concessionária da Isolux Energia e Participações S.A.

O termo original permite o compartilhamento com o Estado da infraestrutura de telecomunicações sobre fibras óticas da linha de transmissão de energia elétrica sob concessão da LXTE no trecho “Tucuruí-Xingu-Jurupari (Almerim)”, com extensão aproximada de 505 quilômetros, interligando escolas, hospitais e outras instituições públicas, a fim de criar novas cidades digitais do Programa Navegapará. O documento assinado nesta quarta acrescenta ao Termo de Cooperação três cláusulas que garantem a efetiva utilização da infraestrutura e iluminação da fibra ótica cedida.

O titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, explicou a linha de transmissão ainda não atingia os municípios pelos quais passava e era necessário fazer a aproximação para atender as cidades. “Dessa forma, foi feito o acordo para que a empresa, que já domina a tecnologia para isto, pudesse realizar a interconexão com os municípios, e iluminá-los a fim de que todos possam ter acesso direto à internet”, destacou.

O presidente da Prodepa, Theo Pires, também lembrou a importância do documento para garantir que o Estado atinja a meta traçada até 2018. “Este aditivo é essencial na tentativa de atender a demanda da sociedade paraense de alcançar os 144 municípios do Estado. O segundo aditivo vai disponibilizar recursos para atender municípios ainda não atingidos na Calha Norte, iluminar a fibra ótica, pois agora já há a parte de eletrônica suficiente para que essa fibra seja utilizada atendendo esses municípios no menor prazo possível. Estamos fazendo um esforço para contemplar 1500 quilômetros de fibra ótica iluminados e funcionando até o final de 2018”, ressaltou o presidente.

A LXTE foi representada, durante a assinatura, pelo um de seus diretores, o senhor Juan Ramon Jimenez Mogollon.

 

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

 

Tags: Infovia fibra óptica Internet
Categorias: Notícias

Governo do Pará garante efetiva utilização de fibra ótica instalada no Estado

Sectet - qua, 27/09/2017 - 14:38
27/09/2017

Na manhã desta quarta-feira (27), ocorreu a assinatura do segundo Termo Aditivo ao Termo de Cooperação Técnica no 003/2010, celebrado entre Estado do Pará, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional Tecnológica (Sectet); Empresa de Tecnologia da Informação e da Comunicação do Estado do Pará (Prodepa); e Linhas de Xingu Transmissora de Energia S/A (LXTE), concessionária da Isolux Energia e Participações S.A.

O termo original permite o compartilhamento com o Estado da infraestrutura de telecomunicações sobre fibras óticas da linha de transmissão de energia elétrica sob concessão da LXTE no trecho “Tucuruí-Xingu-Jurupari (Almerim)”, com extensão aproximada de 505 quilômetros, interligando escolas, hospitais e outras instituições públicas, a fim de criar novas cidades digitais do Programa Navegapará. O documento assinado nesta quarta acrescenta ao Termo de Cooperação três cláusulas que garantem a efetiva utilização da infraestrutura e iluminação da fibra ótica cedida.

O titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, explicou a linha de transmissão ainda não atingia os municípios pelos quais passava e era necessário fazer a aproximação para atender as cidades. “Dessa forma, foi feito o acordo para que a empresa, que já domina a tecnologia para isto, pudesse realizar a interconexão com os municípios, e iluminá-los a fim de que todos possam ter acesso direto à internet”, destacou.

O presidente da Prodepa, Theo Pires, também lembrou a importância do documento para garantir que o Estado atinja a meta traçada até 2018. “Este aditivo é essencial na tentativa de atender a demanda da sociedade paraense de alcançar os 144 municípios do Estado. O segundo aditivo vai disponibilizar recursos para atender municípios ainda não atingidos na Calha Norte, iluminar a fibra ótica, pois agora já há a parte de eletrônica suficiente para que essa fibra seja utilizada atendendo esses municípios no menor prazo possível. Estamos fazendo um esforço para contemplar 1500 quilômetros de fibra ótica iluminados e funcionando até o final de 2018”, ressaltou o presidente.

A LXTE foi representada, durante a assinatura, pelo um de seus diretores, o senhor Juan Ramon Jimenez Mogollon.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) 

Categorias: Notícias

Sectet realiza oficina do Pará Profissional em Brasil Novo

Sectet - qua, 27/09/2017 - 08:51
27/09/2017

Na última terça-feira (26), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com a prefeitura de Brasil Novo, realizou, no município, mais uma oficina para captação das demandas de qualificação profissional que atendam as cadeias produtivas da região, a fim de oferecer cursos por meio do Pará Profissional.

O Programa, amparado pela Lei no. 8.427, de 16 de novembro de 2016, é um dos instrumentos de combate à desigualdade interregional no Estado por meio da qualificação profissional da mão de obra local. Ele é executado de maneira a atender as demandas condizentes com as necessidades das cadeias produtivas de cada município ou região, o que o torna mais eficaz no sentido de geração de emprego e renda para a população.

Durante o evento em Brasil Novo, entre os componentes da mesa estiveram presentes o diretor de educação profissional e tecnológica da Sectet, Luís Blasques; o prefeito Alexandre Lunelli; o presidente da Associação Comercial local, Marcelo Rigoni; e o senhor Ubirajara Costa de Souza, representante de uma empresa americana. Na oportunidade, Costa de Souza anunciou a implantação de uma indústria de beneficiamento do cacau.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) – com informações de Arildo Mardegan (Prefeitura de Brasil Novo)

          Foto: Prefeitura de Brasil Novo

Categorias: Notícias

Chamamento Público

Sectet - seg, 25/09/2017 - 14:42
25/09/2017

Sectet seleciona Organização Social para gestão do Programa BIOPARÁ

Nesta segunda-feira (25), foi publicado, no Diário Oficial do Estado (DOE), o edital de chamamento público no 004/2017 da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) que visa a seleção de Organização Social (OS), qualificada na área de desenvolvimento científico e tecnológico, interessada em executar a gestão do programa paraense de incentivo ao uso sustentável da biodiversidade amazônica, conhecido como BIOPARÁ.

O Programa traduz-se como a ferramenta norteadora à elaboração de políticas públicas que possibilitem a agregação de valor às cadeias produtivas da biodiversidade estadual e regional, por meio de pesquisa e desenvolvimento e de prospecção de negócios inovadores no setor. Considera-se “gestão do BIOPARÁ” um sistema inteligente de governança voltado ao estímulo e apoio ao planejamento e desenvolvimento de uma economia dinâmica fundada no uso sustentável da biodiversidade, com a devida e adequada base científica e tecnológica.

Por isso, dentre os objetivos da gestão do Programa devem estar a liderança do processo de criação de uma ambiência de inovação, coordenando e influenciando as ações das entidades parceiras; o favorecimento e a indução de parcerias entre a academia e o setor produtivo; o fomento do crescimento das cadeias industriais; a geração de novas empresas de base tecnológica; o favorecimento da parceria de empresas de tecnologias industriais com as instituições e empresas locais; o aumento da produtividade dos pequenos empreendimentos, no campo e nas cidades; o desenvolvimento de tecnologias sociais; o fomento à educação profissional e tecnológica associada às necessidades das cadeias produtivas da biodiversidade; o incentivo à pesquisa e à inovação ancoradas no uso sustentável da biodiversidade, com medidas fiscais indispensáveis; entre outros.

As Organizações Sociais interessadas devem protocolar os documentos solicitados no edital e o programa de trabalho até o dia 25 de outubro de 2017 na sede da Sectet, localizada na Avenida Presidente Vargas no 1020. Os documentos e o programa de trabalho serão analisados por Comissão de Seleção especialmente designada para tal fim. A publicação do resultado final da seleção ocorrerá no dia 10 de novembro.

Serviço: O edital completo com todas as informações sobre a seleção está disponível aqui.

Categorias: Notícias

Edital de Chamamento Público - Seleção de OS para gestão do Programa BIOPARÁ

Sectet - seg, 25/09/2017 - 14:27
Data do Edital: 25/09/2017

O estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), TORNA PÚBLICO o processo de Chamamento para fins de seleção de Organização Social, qualificada na área de desenvolvimento científico e tecnológico, cujas atividades possam vir a ser dirigidas ao gerenciamento e gestão do Programa BIOPARÁ. O Programa traduz-se como a ferramenta norteadora à elaboração de políticas públicas que possibilitem a agregação de valor às cadeias produtivas da biodiversidade estadual e regional, por meio de pesquisa e desenvolvimento e de prospecção de negócios inovadores no setor. Considera-se “gestão do Biopará” um sistema inteligente de governança voltado ao estímulo e apoio ao planejamento e desenvolvimento de uma economia dinâmica fundada no uso sustentável da biodiversidade, com a devida e adequada base científica e tecnológica. 

AnexoTamanho Edital de 004/17_ Chamamento Público _ Contrato de Gestão_BIOPARÁ176.08 KB
Categorias: Notícias

Visitantes da Fita aprovam nova versão do aplicativo "Kd a Berlinda?"

Prodepa - seg, 25/09/2017 - 14:22
25/09/2017 - 14:15

Durante a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), realizada entre os dias 21 e 24 de setembro, no Hangar - Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), que comemora nesta segunda-feira, 25, 64 anos de fundação, apresentou a versão 2017 do aplicativo "Kd a Berlinda?", que monitora as 12 romarias do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

A nova versão inclui uma série de funcionalidades, como sensor de presença e traçado de rota, agradou aos visitantes da Fita 2017 que estiveram no estande do Governo do Estado. A aposentada Raimunda Maria, que não conhecia o aplicativo, gostou da solução. “Achei muito interessante e útil, ajuda nos deslocamentos durante os dias de procissão quando o trânsito fica bastante complicado”, disse.

Além de investir para deixar o aplicativo mais leve, com a possibilidade de um quantitativo de acessos cada vez maior e com mais qualidade, a Prodepa vem trabalhando junto à Secretaria de Estado de Turismo (Setur) para a internacionalização do aplicativo. “Vamos disponibilizar uma versão em inglês este ano. As informações sobre as romarias, horários, será bilingue”, informa Anderson Góes, gerente de Tecnologia e Inovação da Prodepa.

Como serviço de utilidade pública, a ferramenta tem sistema georreferenciado, em que as coordenadas da berlinda são capturadas por GPS em tempo real e transmitidas pela rede 4G para um servidor. Em um site web (www.kdaberlinda.pa.gov.br), acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido. Utiliza aplicações ajustáveis, que se adaptam ao tamanho da tela. A página é acessada com todas as suas funcionalidades, independente do dispositivo utilizado, computador, tablet ou celular.

Novidades

Na abertura do aplicativo, um tutorial deve apresentar as funcionalidades, mostrando como utilizar. Bastante útil para romeiros e turistas que não conhecem a cidade, entre as novidades para 2017 estão o sensor de presença e o traçado de rota. “Ao ser ativado o sensor de presença, o usuário vai recebendo mensagens durante a procissão, à medida que a Berlinda se aproxima, enquanto o traçado de rota indica a trajetória de onde está o usuário até a Berlinda”, explica Anderson.

Disponível em três plataformas: Android, IOS (Iphone e Ipad) e Windows Phone, o “Kd a Berlinda?” é considerado um aplicativo nativo. É possível fazer o download direto da loja dos aplicativos para o celular, de graça, sem nenhum custo, e com um ícone já abrir direto no mapa para visualizar onde está a berlinda.

O serviço estará disponível, a partir do Traslado para Ananindeua, na sexta-feira, 6 de outubro. Seguindo nas demais procissões do sábado, 7: a ida para o distrito de Icoaraci, a Romaria Fluvial, a Moto-romaria e a Trasladação; e no domingo, 8, o Círio. Outras seis romarias que são realizadas após o Círio também contarão com o monitoramento: a Ciclo Romaria, a Romaria da Juventude, a Romaria das Crianças, a Procissão da Festa e o Recírio, chegando a 12 procissões.

Agência Pará

Tags: App Kd a Berlinda? FIta
Categorias: Notícias

Çairé 2017: estrutura da Prodepa facilita trabalho da imprensa

Prodepa - dom, 24/09/2017 - 11:27
23/09/2017 - 11:30

A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), por meio do núcleo regional em Santarém, na região oeste do Pará, instalou na Sala de Imprensa do Festival do Çairé, realizado na Vila Balneária de Alter do Chão, acesso de transporte à internet, com o objetivo de tornar mais prático e ágil o envio das informações. Com isso, as pessoas que não estão em Alter do Chão têm a oportunidade de acompanhar tudo, sem perder nenhum detalhe.

Os profissionais de imprensa estão tendo mais facilidade para realizar postagens e enviar seus materiais sobre a cobertura do Çairé. "A Prodepa, no decorrer deste ano, em parceria com a Prefeitura de Santarém, disponibilizou um acesso, que chamamos de transporte de dados, fazendo a interligação entre a sede da Prefeitura até a Praça do Çairé. A finalidade desse transporte de dados é facilitar a transmissão e o envio de informações do evento pela internet", explicou o representante do núcleo da Prodepa, Hamilton Feitosa.

Segundo o profissional, a velocidade do transporte de dados chega a 20 Mbps. "Sendo que geralmente, eu acredito, que até metade disso seja possível que os portais e sites de vídeo, como o youtube, possam fazer uma transmissão de streaming [uma tecnologia que envia informações multimídia, através da transferência de dados, utilizando redes de computadores, especialmente a Internet] para o público", salientou.

De acordo com a Prodepa há também um ponto de acesso livre na Praça Sete de Setembro, em frente à praia conhecida por Ilha do Amor. "Nessa época do Çairé nós fazemos um upgrade de banda, em virtude da maior demanda de visitantes que estão em Alter do Chão. Então nós disponibilizamos esse acesso, com maior largura de banda, para atender tanto o visitante quanto os moradores da Vila", completou.

 

Agência Pará

Tags: Çairé imprensa Prodepa
Categorias: Notícias

Presidente Theo Pires recebe Ordem do Mérito Jus et Labor do TRT8ª

Prodepa - dom, 24/09/2017 - 11:18
22/09/2017 - 10:45

Na manhã desta sexta-feira (22), o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, realizou a cerimônia de entrega da Ordem de Mérito Jus et Labor, para personalidades que prestaram relevantes serviço ao ​P​aís e à Justiça do Trabalho, e a Medalha de Mérito Funcional, para os servidores que se destacaram no desempenho de suas atividades. Este ano foram agraciados 03 instituições, 19 personalidades e 17 servidores. A Presidente do TRT8, Desembargadora Suzy Elizabeth Cavalcante Koury, destacou a beleza da cerimônia: "é a primeira vez que, como presidente eu estive à frente dessa cerimônia e estou muito orgulhosa, porque foi uma cerimônia muito bonita, com pessoas que representam vários setores da sociedade, tanto da sociedade civil quanto do mundo empresarial, da Justiça e dos poderes Executivo e Legislativo. Todos contribuíram para o engrandecimento da Justiça do Trabalho recebem o reconhecimento do Tribunal por suas contribuições com a sociedade."

Criado no ano 2000, por meio da Resolução n. 161/2000, a Ordem do Mérito Jus et Labor foi criada por proposta do Desembargador Georgenor de Sousa Franco Filho, e é dividida em diversos graus, podendo ser concedida a instituições e pessoas "que se tenham se destacado pelos relevantes e assinalados serviços prestados ao Brasil e à sociedade, ou se tenha distinguido no exercício de suas atividades, ou ainda contribuído para a paz e a justiça sociais."

No grau de Oficial, receberam a comenda o Presidente da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará, Théo Carlos Flexa Ribeiro Pires, juntamente com a Procuradora do Trabalho Silvia Silva da Silva, o Procurador de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará, Nelson Pereira Medrado, e o Juiz do Trabalho da 10ª Região, Rogerio Neiva Pinheiro, Maria Lúcia Teixeira Machado, Juíza Aposentada da Justiça do Trabalho da 8ª Região, o Presidente do Sindicato do Comércio Lojista, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá e Vice-Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá, Marcos Antônio Marques Cardoso, além de advogados e professores universitários.

 

Fonte: Ascom TRT

Tags: Jus et Labor TRT
Categorias: Notícias

André Cordeiro é eleito “Servidor Nota 10” da Sectet

Sectet - qua, 20/09/2017 - 13:38
20/09/2017

Os desafios do cotidiano não impedem André Castro Cordeiro de chegar ao seu local de trabalho, todos os dias, com um belo sorriso no rosto. Ele é auxiliar de serviços operacionais da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), onde é servidor há seis anos. Devido à alegria contagiante e muitas outras qualidades, ele foi eleito, em 2017, o “Servidor Nota 10” do órgão.

“Eu faço meu trabalho e estou sempre à disposição para ajudar meus colegas. Trabalhar na Sectet é ótimo, é meu primeiro emprego em órgão público e está sendo bem gratificante. Eu fiquei emocionado quando soube que seria o premiado deste ano”, confessou o servidor.

Assiduidade, disciplina, iniciativa, produtividade e responsabilidade foram os critérios levados em consideração para a escolha. A premiação é uma realização do Governo do Estado, por meio da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), como forma de reconhecimento e valorização do servidor público, sob o critério da meritocracia.

André foi indicado pela chefia imediata para participar do prêmio, mas havia a opção de se inscrever também espontaneamente. O reconhecimento é aberto a servidores públicos efetivos, estatutários não estáveis e aos empregados da administração pública do estado do Pará.

Em cada órgão, entidade ou unidade regional do Executivo é criada uma Comissão Interna de Avaliação, responsável por observar e pontuar o desempenho das funções, elegendo, por merecimento, os melhores. A avaliação considera toda a vida funcional do servidor.

A Comissão de Avaliação é formada por quatro membros, dos quais, preferencialmente, seja um coordenador da área de recursos humanos, um coordenador da área técnica ou operacional, um  Agente de Desenvolvimento e Capacitação (ADC) e um servidor público que não tenha cargo de chefia e não esteja concorrendo.

Os Servidores Nota 10 de cada órgão/entidade serão premiados com um certificado assinado pelo Governador do estado do Pará e uma premiação em dinheiro que será entregue, em cerimônia, no dia 27 de outubro. Os eleitos ainda participarão de um sorteio que define quem é o Servidor Nota 10 do Estado e premia o sortudo com uma quantia ainda maior.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) 

Categorias: Notícias

Sectet e Prefeitura de Xinguara assinam convênio de cooperação técnica

Sectet - ter, 19/09/2017 - 14:34
19/09/2017

Na manhã desta terça-feira (19), ocorreu, na sede da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), a assinatura de convênio de cooperação técnica entre o órgão e a Prefeitura Municipal de Xinguara. O documento destaca como objetivo a realização de ações conjuntas para o avanço de processos inovadores e de tecnologias por meio de atividades pautadas na ciência, na tecnologia e na educação profissional no intuito de contribuir para a solução de gargalos socioeconômicos e ambientais, além de garantir recursos humanos qualificados para as atividades produtivas do município.

Nesse sentido, a Sectet trabalha por meio do Programa Pará Profissional, instituído pela lei no 8.427, de 16 de novembro de 2016. Coordenado pela Secretaria, o programa garante o apoio à qualificação profissional da população paraense de acordo com as necessidades das cadeias produtivas de cada município.

Durante a assinatura, o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, destacou a importância da qualificação profissional para o avanço do Estado. “O Pará do século XXI depende muito da nossa capacidade de qualificar a população para assumir os desafios dos novos empregos, das novas formas de geração de economia e de renda. O Pará Profissional vem ao encontro disso”, avaliou o Secretário.

Ele ainda mostrou a disposição de transformar as ações em Xinguara em exemplos de sucesso do Pará Profissional. “A ideia é transformar o município em um modelo de funcionamento do Programa Pará Profissional, que não é um programa de Governo, mas de Estado, ele nasceu para dar apoio aos municípios e às empresas a fim de transformar o Pará em um dos maiores polos de desenvolvimento do Brasil, o que passa pela formação profissional” concluiu.

Na oportunidade, o prefeito de Xinguara, Osvaldo Assunção, também relatou a importância do convênio para o município. “Os cursos vão qualificar os funcionários da indústria, do comércio, do meio rural, é de grande importância para a produção da região, que não possui mão de obra qualificada. Atualmente, para a realização de determinadas atividades, como as exercidas em frigoríficos, por exemplo, os trabalhadores precisam aprender com a prática, o que inclusive pode gerar riscos de acidentes”, ressaltou o prefeito.

De forma complementar, o convênio ainda prevê o apoio da Sectet por meio do Programa Inova Pará, amparado pela Lei de Inovação, de no 8.426, também de 16 de novembro de 2016. A lei prevê incentivos à inovação, à pesquisa científica e tecnológica e à engenharia não rotineira, visando ao desenvolvimento tecnológico, econômico, científico e social no contexto da competitividade e sustentabilidade do Estado. A intenção, em Xinguara, é apoiar a criação ou consolidação de espaços de inovação e laboratórios, assim como a implantação de uma incubadora de empresas.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) 

Categorias: Notícias

Inscrições abertas

Sectet - qui, 14/09/2017 - 14:53
14/09/2017

Pará Profissional oferece 1345 vagas para cursos em 20 municípios paraenses

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) abriu, nesta quinta-feira (14), as inscrições para o preenchimento de um total de 1345 vagas, distribuídas em 55 cursos de Educação Profissional e Tecnológica, na modalidade Qualificação Profissional, de caráter teórico-prático, dirigidos a apoiar atividades do comércio de bens, serviços e turismo, em 20 municípios, pertencentes a dez Regiões de Integração do estado do Pará.

As aulas terão início, variando entre cada curso, entre os meses de setembro e novembro de 2017 e serão executadas por Unidades de Ensino do SENAC/PA. Para estarem aptos à matrícula, os participantes devem ter idade mínima de 18 anos completos no momento da inscrição e atender aos níveis de escolaridade e pré-requisitos exigidos no edital.

Os cursos serão realizados no âmbito do programa Pará Profissional, instituído pela Lei n° 8.427, de 16 de novembro de 2016. Eles são oferecidos de acordo com as demandas captadas pela equipe que executa o programa, por meio da realização de oficinas com poder público, trabalhadores, organizações e empresas de cada município ou mesmo por solicitações diretas à Secretaria (estudadas as reais necessidades regionais).

Entre os cursos oferecidos estão os de assistente administrativo, gerente de lojas, porteiro e vigia, assistente de operação de logística portuária, serviço de garçom e garçonete, camareira, confeiteiro, design de mechas, design de sobrancelhas e embelezamento de cílios, cortes masculinos com máquinas e muitos outros.

Serviço: O edital, anexos, municípios em que ocorrerão os cursos e demais informações sobre os cursos estão disponíveis aqui. As inscrições podem ser realizadas na página da Sectet ou encaminhadas ao e-mail prematricula.paraprofissional@sectet.pa.gov.br, juntamente com a imagem dos documentos solicitados no edital.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Kd a Berlinda

Prodepa - qui, 14/09/2017 - 14:31
banner: Link Banner: http://www.kdaberlinda.pa.gov.brtipo: Notícia
Categorias: Notícias

Batedores de açaí são certificados por conclusão de curso do Pará Profissional

Sectet - qui, 14/09/2017 - 12:46
14/09/2017

Nascida em Igarapé-Miri, município conhecido por ser a capital mundial do açaí, Maria Joana Maia se considerava uma grande conhecedora do fruto e do processo que o permite estar na mesa da família paraense. Ela abriu um ponto de venda de açaí em Belém há cinco anos. Nesta quarta-feira, 13, Maria e mais 27 colegas de atividade receberam o certificado de conclusão do curso “Boas Práticas na Manipulação Higiênico-Sanitária do Açaí”, ocorrido entre os dias 26 de junho e 7 de julho. Agora, se orgulha de ser a primeira batedora de açaí do bairro onde mora a empregar o branqueamento e conta que já teve um retorno da clientela, que aumentou e ficou mais exigente.

Com as aulas, os alunos puderam somar saber popular e conhecimento científico, sendo abordado desde o manejo do açaí até a produção artesanal e industrial, com foco na manipulação higiênico-sanitária e ênfase na técnica do branqueamento. “Eu achava que conhecia tudo sobre o açaí porque eu já tinha contato desde pequena. Quando comecei a trabalhar com a venda do fruto estava convicta de que sabia tudo. Durante o curso, percebi que muitas coisas eu não sabia, principalmente em relação aos perigos que surgem. Se a higienização não for bem feita, a qualidade do açaí cai muito. Agora só trabalho com o açaí branqueado, meus clientes já estão atentos à importância do branqueamento”, ressaltou a batedora.

O curso foi realizado pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), no âmbito do Programa Pará Profissional, em parceria com a Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Secretaria de Economia (Secon) e com a Associação dos Batedores Artesanais de Açaí de Belém (Avabel), tendo o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) como ofertante.

Rafael Imbiriba resolveu se aventurar na venda do açaí, ao lado da esposa e dos pais. Os quatro também receberam os certificados nesta quarta-feira. Ele contou que o curso foi um grande impulsionador para o seu negócio. “Foi um divisor de águas, o certificado vai ser um diferencial e o branqueamento valoriza nosso produto” enfatizou.

Após o término do curso, foi disponibilizado aos egressos o acesso ao microcrédito, por meio do apoio do CredCidadão, a fim de que os concluintes adquirissem os equipamentos necessários para colocar em prática o que aprenderam em sala de aula, resultando assim na melhoria de seu ambiente de negócio e a garantia do produto de qualidade ao consumidor.

Durante a entrega dos certificados, o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, representando o governador Simão Jatene; o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho; e o titular da Secon, Mário Freitas, assinaram um convênio de cooperação técnica que objetiva fortalecer as ações interinstitucionais para que, no âmbito do Pará Profissional, a oferta de vagas em cursos profissionalizantes, no município de Belém, atenda a real necessidade de mão de obra qualificada das cadeias produtivas estratégicas de desenvolvimento, gerando renda e emprego aos moradores da capital.

Dessa forma, Fiúza de Mello destacou que o Governo do Pará trabalha na execução de ações que devem ser apropriadas pela sociedade, como programas de Estado, a exemplo do Programa Pará Profissional, instituído pela Lei n° 8.427, de 16 de novembro de 2016. O secretário explicou que o Pará Profissional possui flexibilidade que o permite se adaptar à realidade de cada região do Estado, a fim de que seja oferecida a qualificação profissional adequada ao contexto de cada município paraense, garantindo o sucesso do curso oferecido e a empregabilidade dos concluintes.

Estiveram presentes à certificação, além do titular da Sectet, da Secon e do prefeito de Belém,  o vereador Zeca Pirão, representando a Câmara Municipal, e o presidente da Avabel, Carlos Noronha.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Páginas