• White/Preto
  • Padrão

Current Style: Padrão

Governo do Estado do Pará

Você está aqui:

Edital de Abertura de Inscrição em Cursos de Educação Profissional e Tecnológica

Sectet - qui, 14/09/2017 - 12:05
Data do Edital: 14/09/2017

 O presente Edital tem por objeto a abertura de 1.345 vagas em 55 Cursos de Educação Profissional e Tecnológica, na modalidade de Qualificação Profissional, destinados a jovens e adultos e executados por Unidades de Ensino do SENAC/PA, instituição contratada pela SECTET, com distribuição de vagas e período de realização de acordo com o Anexo I do documento. Confira as informações detalhadas nos arquivos abaixo:

INFORMAÇÕES GERAIS DOS CURSOS

EMENTA DOS CURSOS

ANEXO II (ARQUIVO EM DOC)

ANEXO III (ARQUIVO EM DOC)

ANEXO IV (ARQUIVO EM DOC)

 

AnexoTamanho EDITAL 003 INSCRIÇÃO CURSOS SENAC FIC 2017.pdf742.29 KB
Categorias: Notícias

Turismo

Sectet - qua, 13/09/2017 - 10:49
13/09/2017

Sectet apoia campanha do Governo do Estado de valorização do turismo

No mês de setembro, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) apoia, mais uma vez, o Governo do Pará na campanha institucional “Bem Pará – A Amazônia que encanta”, lançada nesta terça-feira (12), na capela do Espaço São José Liberto, juntamente com um aplicativo colaborativo, por meio do qual é possível obter informações relevantes sobre todos os municípios do Estado e ainda contribuir com os conteúdos. O lançamento contou ainda com uma degustação de produtos da cozinha paraense e um pocket show da cantora Renata Del Pinho. A programação encerrou com a apresentação do trailler do longa-metragem "Encantados", da cineasta Tizuka Yamasaki.

A campanha visa a valorização do turismo no Estado a fim de mostrar o Pará para os paraenses, para os brasileiros e para o mundo. Além disso, a  campanha reforça as ações que são desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) com a finalidade de atrair visitantes à capital paraense no mês do maior evento turístico do Estado que é o Círio de Nazaré. Segundo estimativas da Setur, neste ano de 2017, o Pará deverá receber quase 80 mil turistas, que permanecerão no Estado por um média aproximada de sete dias.

Esta é a sexta campanha institucional promovida pelo governo do Estado. As ações anteriores abordaram temas como "Combate à violência contra a mulher”, “Incentivo à Leitura”, “Combate à LGBTFobia”, "Educação no trânsito" e “Saúde do Homem”, com o envolvimento de praticamente todos os órgãos vinculados à administração estadual. Esta edição está sob a coordenação das Secretarias de Estado de Turismo (Setur) e de Comunicação (Secom). O lançamento teve o apoio do Núcleo Articulação e Cidadania (NAC) do governo.

As informações detalhadas sobre a campanha podem ser encontradas em http://www.agenciapara.com.br/

Categorias: Notícias

Resultado Final

Sectet - qua, 13/09/2017 - 09:01
13/09/2017

Resultado de credenciamento ao Pará Profissional é divulgado após recursos

Está disponível, no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (13), o resultado final, após interposições, do edital de chamamento público no 02/2017 da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), que diz respeito ao credenciamento de profissionais especializados para prestação de serviços de instrutoria, coordenação acadêmica e apoio às atividades administrativas para atendimento às demandas do Programa Pará Profissional.

Na publicação, constam apenas os códigos das vagas que foram objeto de interposição de recursos. Para as demais vagas, fica estabelecido como resultado final aquele publicado na edição do DOE no 33.446, de 28 de agosto de 2017. As avaliações dos recursos recebidos consideram somente documentação enviada no momento da inscrição dos candidatos, não sendo consideradas documentações enviadas posteriormente, conforme estabelece o Item 7.4 do Edital de Chamamento Público.

Dessa forma, os candidatos habilitados deverão aguardar por convocação para celebração do termo de concessão de bolsa, condicionada à existência de demandas do Programa Pará Profissional. Os candidatos serão convocados por meio do endereço de e-mail cadastrado, seguindo rigorosamente a ordem de classificação definida no resultado final do processo.

Serviço: O resultado final, assim como as análises dos recursos, estão disponíveis aqui.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) 

Categorias: Notícias

Curso sobre gestão de resíduos sólidos começa em Belém e Ananindeua

Sectet - seg, 11/09/2017 - 11:57
11/09/2017

Nesta segunda-feira (11), ocorreu a abertura do curso “Técnicas de Gestão de Resíduos Sólidos”, realizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), por meio do Programa Pará Profissional. No total, foram abertas duas turmas, uma Belém e outra em Ananindeua. As aulas vão até o dia 22 de setembro e possuem o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) como ofertante, cumprindo Termo de Cooperação Técnica que mantém com a Sectet. O curso é um complemento na capacitação dos catadores empreendedores do bairro do Curió Utinga, na capital.

A ação é uma das etapas do projeto “Utinga Sustentável”, coordenado pelo Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), em colaboração com o Instituto Manguezal. O projeto tem o objetivo de implantar pontos de coleta de material reciclável no entorno do Parque do Utinga, além de capacitação e acompanhamento de catadores empreendedores que serão responsáveis pela “Rota de Reciclagem” no local. Os catadores empreendedores serão responsáveis pela retirada dos materiais e destinação ambiental adequada, de acordo com cada tipo de lixo. A intenção é que eles vendam para empresas que comercializam esse tipo de material. Gerando renda e deixando o bairro mais limpo.

Pará Profissional - O programa Pará Profissional foi instituído pela Lei no 8.427, de 16 de novembro de 2016, descrito como um dos principais instrumentos de superação das desigualdades interregionais, com a finalidade de ofertar educação profissional e tecnológica nas diversas modalidades a fim de consolidar, ampliar e verticalizar as cadeias produtivas aos eixos prioritários de desenvolvimento no Estado. A coordenação do programa foi determinada à Sectet.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) – com informações da Ascom/NAC

          Foto: Ascom/NAC

Categorias: Notícias

Pará Profissional

Sectet - sex, 08/09/2017 - 18:22
08/09/2017

Cursos começam na segunda-feira (11) em Belém e Ananindeua

Na próxima segunda-feira (11), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) dá início a duas turmas do curso “Técnicas de Gestão de Resíduos Sólidos”, por meio do Programa Pará Profissional. No total, foram ofertadas 40 vagas divididas entre Ananindeua e Belém. O curso, que ocorre até o dia 22 de setembro, tem como ofertante o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

A realização do curso também é ação integrante do projeto Utinga Sustentável, coordenado pelo Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), em colaboração com o Instituto Manguezal, no bairro Curió Utinga, em Belém. O projeto tem o objetivo de implantar pontos de coleta de material reciclável no entorno do Parque, além de capacitação e acompanhamento de catadores empreendedores que serão responsáveis pela “Rota de Reciclagem” no local. Serão instalados pontos de coleta seletiva em comércios, centros comunitários, escolas, entre outros; onde serão depositados materiais recicláveis gerados pelos estabelecimentos e moradores próximos.

Os catadores empreendedores serão responsáveis pela retirada dos materiais e destinação ambiental adequada, de acordo com cada tipo de lixo como papelão, alumínio, vidro e outros. A intenção é que eles vendam para empresas que comercializam esse tipo de material. Gerando renda e deixando o bairro mais limpo. Além da Sectet, são parceiros do Projeto “Utinga Sustentável”: a Prefeitura de Belém e as Secretarias de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e o CredCidadão.

Pará Profissional - O programa Pará Profissional foi instituído pela Lei no 8.427, de 16 de novembro de 2016, descrito como um dos principais instrumentos de superação das desigualdades interregionais, com a finalidade de ofertar educação profissional e tecnológica nas diversas modalidades a fim de consolidar, ampliar e verticalizar as cadeias produtivas aos eixos prioritários de desenvolvimento no Estado. A coordenação do programa foi determinada à Sectet.

Serviço: As inscrições para o curso ainda podem ser realizadas nos locais onde eles ocorrerão. Em Belém, será no Senai-Cedam Tv (Tv. Mauriti, 3251, esquina com a João Paulo II) e, em Ananindeua, na Faculdade da Amazônia – FAAM (BR-316).

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) – com informações da Ascom/NAC

Categorias: Notícias

Certificações

Sectet - qua, 06/09/2017 - 11:12

Ao longo do ano de 2017, a Sectet realizou, em diversos municípios paraenses, a certificação dos alunos concluintes dos cursos promovidos por meio dos Programas Pará Profissional e Pronatec, coordenados pela Sectet e pelo MDIC, respectivamente. O Pará Profissional, amparado pela Lei no. 8.427, que cria o Programa de Educação Profissional e Tecnológica, instituída em 16 de novembro de 2016, é um dos instrumentos de combate à desigualdade interregional no Estado por meio da qualificação profissional da mão de obra local. O Pronatec  soma-se aí como um programa federal que tem o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país. Em 2015, a Sectet assinou Acordo de Cooperação Técnica com o MDIC e passou a ser a articuladora do Programa, no Estado, realizando o levantamento técnico das demandas do setor produtivo e repassando ao Ministério. 

Saiba mais sobre o Programa Pará Profissional aqui.

Categorias: Notícias

II Reunião do Consectet-2017

Sectet - qua, 06/09/2017 - 10:18

No dia 25 de agosto de 2017, foi realizada a segunda reunião ordinária de 2017, conforme versa a lei, do Conselho Estadual de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Consectet), o qual presta assessoramento superior à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). Estiveram presentes os representantes dos seguintes órgãos e instituições: secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), de Turismo (Setur); Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa); Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa); Museu Paraense Emílio Goeldi; Universidade Federal do Pará (UFPA); Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa); Universidade do Estado do Pará (Uepa); Centro de Ensino Superior do Pará (Cesupa); Instituto Federal do Pará (IFPA); Instituto Evandro Chagas; Instituto Tecnológico Vale; Banco da Amazônia; Embrapa; Sebrae; Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá); e Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (Sober).

Saiba como foi a reunião aqui.

Categorias: Notícias

Fórum Confap

Sectet - qua, 06/09/2017 - 10:01

O Palácio dos Despachos, na capital paraense, foi o palco da abertura do Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), na noite do dia 16 de agosto de 2017. A união de esforços, conhecimento e experiências a fim de buscar um orçamento satisfatório para as pesquisas no Brasil foi a tônica da cerimônia. O Fórum Confap, organizado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), ocorreu até o dia 18 de agosto.

Saiba mais aqui.

Categorias: Notícias

Seminário em Vitória do Xingu

Sectet - qua, 06/09/2017 - 09:48

No dia 20 de junho de 2017, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e a Prefeitura de Vitória do Xingu realizaram, no município, o seminário “Educação Profissional e Demandas Tecnológicas para as Cadeias Produtivas Estratégicas de Vitória do Xingu” com o objetivo de captar as demandas dos atores locais envolvidos nas cadeias produtivas estratégicas do açaí, cacau e pesca.

Categorias: Notícias

Pré-lançamento

Sectet - qua, 06/09/2017 - 09:42

No dia 13 de junho de 2017, ocorreu o pré-lançamento da VIII Feira Estadual de Ciência Tecnologia e Inovação (CT&I), realizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). O projeto do evento foi apresentado a representantes de empresas, instituições públicas e privadas e organizações não governamentais no Espaço São José Liberto. A oitava edição da Feira ocorre entre os dias 24 e 26 de outubro na Estação das Docas.

Veja, no vídeo, como foi o pré-lançamento.

Categorias: Notícias

EJA

Sectet - qua, 06/09/2017 - 09:23

Vinte e dois trabalhadores em Educação de Jovens e Adultos (EJA) de nove municípios da região do Xingu finalizaram, no dia 9 de junho de 2017, a participação no curso de “Aprimoramento de Práticas Educativas com uso de Instrumentos Didáticos para a Dinâmica Produtiva”. O curso foi realizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), por meio do financiamento do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX). A Sectet ainda recebeu a parceria da Associação dos Municípios da Transamazônica (Amut) quanto à interlocução com os municípios e da Inteceleri Tecnologia para Educação Ltda. como ofertante das aulas.

Saiba mais aqui.

Categorias: Notícias

PCT Guamá recebe visita institucional do TCE Pará

Sectet - seg, 04/09/2017 - 08:14
04/09/2017

Na manhã desta sexta-feira (1), o Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá) recebeu a visita do conselho do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE). Articulada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), a visita integra uma agenda que tem o objetivo de aproximar o parque tecnológico da sociedade e de setores que a representam. A visita contou com a presença da presidente do Conselho, Lourdes Lima, do vice-presidente, André Teixeira Dias, do titular e da adjunta da Sectet, Alex Fiúza de Mello e Maria Amélia Enriquez, do diretor presidente da Fundação Guamá, Antônio Abelém, além de outros conselheiros e técnicos ligados ao TCE Pará e à Sectet.

O conselho foi recebido no auditório do prédio Espaço Inovação por Alex Fiúza de Mello e Antônio Abelém. Contexto do papel de parques tecnológicos, modelo de gestão, infraestrutura e serviços foram os temas abordados. Após a apresentação inicial, a comitiva seguiu para o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, Automação e Eletrônica (Lasse/UFPA), onde conheceram iniciativas e pesquisas da área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), como o Celcom, projeto de tecnologia inclusiva que tem o objetivo de integrar populações isoladas por meio da implantação de rede de telefonia celular de baixo custo. A iniciativa recebeu o prêmio Vale-Capes de Sustentabilidade em 2016.

No Centro de Valorização de Compostos Bioativos da Amazônia (CVACBA), foram apresentadas as principais pesquisas desenvolvidas para melhorar a qualidade da produção estadual de açaí e cacau. A visita finalizou na MDI – Mundo Digital Interativo, empresa residente voltada para o desenvolvimento de softwares educacionais interativos, que atua na indústria da Tecnologia Educacional.

Para o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, a articulação representa um papel importante para a consolidação do espaço.  “A nossa ideia é que os conselheiros possam conhecer in loco o investimento importante que o Estado vem fazendo ao longo dos últimos anos na construção do que é o único Parque de Ciência e Tecnologia da Amazônia. Isso ajuda a criar valor e a fazer com que os nossos dirigentes absorvam bem a ideia e passem a ser colaboradores, seja do ponto de vista do apoio legislativo, do ponto de vista da disseminação do exemplo do Parque em outros contextos e arenas das quais eles participem. Dessa forma, vamos criando dentro da sociedade, progressivamente, um conhecimento da finalidade do Parque, das suas ações, criando um sentido de pertencimento a todos. Depois do Tribunal de Contas a gente espera que a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) também se faça representar aqui e assim vamos seguindo”, ressaltou o secretário.  

O conselho do TCE Pará avaliou positivamente a visita. “Este empreendimento valoriza a sociedade, a importância da universidade, a intervenção do Estado para estimular a economia. O que vimos aqui, sem dúvida nenhuma, superou as nossas expectativas”, relatou o conselheiro vice-presidente André Teixeira Dias.

Texto: Juliane Frazão (Ascom/PCT Guamá)

Foto: Fábio Carvalho

Categorias: Notícias

Coema

Sectet - sex, 01/09/2017 - 13:55
01/09/2017

Sedeme aprova recomendação a Trading de soja para que verticalizem no Pará

Nesta terça-feira, 29, na reunião do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema), o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Adnan Demachki, informou aos conselheiros que a empresa Louis Dreyfus Company (LDC), firmou um protocolo com a Sedeme concordando em incluir como condicionante da licença ambiental do seu Porto em Rurópolis, sudoeste paraense, o compromisso de implantar uma indústria para verticalizar parte da soja que trará do Estado do Mato Grosso para exportar pelos portos paraenses.

A proposição da condicionante de implantação de indústria na licença ambiental foi aprovada por unanimidade no colegiado do Coema. O secretário Adnan Demachki aproveitou ainda a oportunidade para solicitar então aos conselheiros que a diretriz fosse uniformizada para todas as Trading de soja estabelecidas no Estado, sob o princípio da isonomia, e que fosse expedido ainda pelo Conselho, inicialmente, RECOMENDAÇÃO às demais empresas processadoras de soja no território paraense, como a Bunge, Cargil e ADM, para que todas sigam o exemplo da Louis Dreyfus e verticalizem parte de sua carga de soja no Pará.

À unanimidade, o pedido de recomendação foi aprovado e o Conselho de Meio Ambiente, órgão integrante do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SISEMA com competências, consultivas, deliberativas, normativas e recursais, ainda determinou que a citada condicionante seja exigida sempre que houver pedido de renovação de licenças por parte das empresas.

A justificativa é que o programa Pará 2030 prevê como síntese a mudança do padrão econômico do Estado, que tradicionalmente foi de exportador de matérias primas para um Estado que industrializa sua produção, pois é no processo de agregação de valor que se gera os melhores empregos e rendas para a região paraense.

”Somos exportadores de minérios, exportamos nossas florestas nativas “in natura”, exportamos açaí, cacau etc. Precisamos agregar valor a esses produtos”, frisou Adnan Demachki.

Com o Pará 2030 completando um ano desde que o governador Simão Jatene editou o Programa, todas as políticas públicas do Estado estão voltadas para agregação de valor às matérias primas do Pará.

”Mudamos a lei de incentivos fiscais para privilegiar as indústrias de transformação, mudamos as regras do crédito do produtor para viabilizar o surgimento de pequenas indústrias e daí em diante”, afirmou o secretário.

O secretário ressaltou que se não bastasse a exportação dos produtos paraenses “in natura”, com o surgimento do corredor Arco Norte, o território paraense vem se transformando em mero corredor de passagem da soja do Mato Grosso.

”Dezenas de portos se instalando no Estado para somente transportarem, para exportação, pelo solo paraense, até 30 milhões de toneladas de soja ao ano. Na verdade, esse corredor norte, sem nenhuma hipocrisia, nos trás mais ônus do que bônus, então, há a necessidade de inclusão no licenciamento ambiental das Trading de soja estabelecidas no Estado, o compromisso de verticalizarem no Pará parte dessa soja que permitimos que passe pelo nosso “quintal”. O processamento, ainda que de uma parcela desse “ouro amarelo” no Estado, é uma compensação ao Pará pelos impactos socioeconômicos, porque esse beneficiamento gera bons empregos nas futuras indústrias de óleo e produção de proteína animal (frangos, suínos etc), além de renda para a sociedade”, finalizou o secretário.

Quanto ao licenciamento da empresa LDC, a secretária adjunta da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), Maria Amélia Enríquez, destacou que para o processo de contratação de mão de obra, a empresa deve procurar a Sectet que coordena o Pará Profissional, programa de governo, aprovado em lei , em novembro de 2016, cujo objetivo é ampliar a empregabilidade da mão de obra paraense e, para isso, adota metodologia, que possibilita elevar a efetividade das contratações. Enríquez ressaltou ainda importância da inovação , enquanto um dos mais relevantes indutores endógenos de desenvolvimento, afirmando que hoje o Estado também conta com uma Lei de Inovação, com o objetivo de facilitar a interação entre ciência, tecnologia e o setor empresarial, lembrando que "inovar não é apenas produzir algo de alta tecnologia, mas avançar em novos processos, mercados, fornecedores, com mais qualidade, produtividade e, por consequência, mais competitividade".

Texto: Ascom/Sedeme (com informações da Ascom/Sectet)

 

Categorias: Notícias

Laboratório do Leite

Sectet - sex, 01/09/2017 - 13:36

O Governo do Pará inaugurou, no dia 12 de maio de 2017, o Laboratório da Qualidade do Leite, o primeiro do gênero a entrar em operação na região Norte e o mais moderno do Brasil. Instalado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), o laboratório se configura em uma importante ferramenta para produtores e indústrias de laticínios paraenses, contribuindo no aumento dos índices de produtividade, ao melhorar a qualidade da matéria-prima e dos produtos derivados.

Leia mais aqui.

Categorias: Notícias

Prêmio

Sectet - sex, 01/09/2017 - 13:11

Quatro projetos inovadores de empresas ligadas ao setor da indústria mineral no Pará foram premiados na noite do dia 4 de maio de 2017, durante a cerimônia de entrega do 1º Prêmio Estadual de Inovação na Indústria Mineral, uma iniciativa da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral). A cerimônia foi realizada durante a XIII Feira da Indústria do Pará (Fipa), promovida pela Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), no Hangar.

Leia mais aqui.

Categorias: Notícias

Lançamento

Sectet - sex, 01/09/2017 - 13:03

Durante a noite do dia 3 de maio, na XIII Feira da Indústria do Pará, realizada pela Fiepa no Hangar, ocorreu o lançamento oficial do programa Inova Pará, o qual é coordenado pela Secretaria e conta com a parceria dos órgãos governamentais que compõem o Sistema Estadual de Inovação: Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa), Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) e Universidade do Estado do Pará (UEPA).

Saiba mais aqui.

Categorias: Notícias

Consectet

Sectet - sex, 01/09/2017 - 12:35

O Conselho Estadual de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Consectet), que presta assessoramento superior à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), realizou, no dia 15 de fevereiro, a primeira reunião do ano. O Consectet é formado por secretarias de Estado, universidades, instituições de pesquisa e outros órgãos afins. Durante a reunião ocorreu a aprovação do Programa “INOVA PARÁ”, coordenado pela Secretaria. O programa incentiva a criação e o fortalecimento de ambientes de inovação nas Regiões de Integração a partir de um conceito de Sistema Regional de Inovação, enquanto espaços privilegiados, convencionais e não-convencionais, destinados a dar o suporte científico-tecnológico necessário às cadeias produtivas consideradas estratégicas definidas pelo Plano de Governo “Pará 2030”. Na sequência da reunião, o diretor-presidente da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa), Eduardo Costa, realizou o lançamento dos três primeiros editais da Fundação para este ano, que envolvem bolsas de iniciação científica, de mestrado e de doutorado.

Categorias: Notícias

Mostra

Sectet - sex, 01/09/2017 - 12:30

Nos dias 15 e 16 de março de 2017, Tucuruí recebeu a Mostra de Ciência e Cultura, projeto itinerante da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). Com a premissa de desenvolver o interesse do público estudantil pela ciência e explorar todas as possibilidades que ela oferece de descobrir o mundo ao redor, o evento reuniu atividades como palestras, oficinas, programas de auditório e exposições lúdicas e interativas sobre diversas áreas científicas. A Mostra antecede as ações regionais da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que ocorre em outubro e é promovida anualmente pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. No município, as atividades foram realizadas na Escola Deputado Raimundo Ribeiro de Souza, e contaram com a parceria de diversas instituições de ensino e pesquisa do Estado, como o Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG), a Universidade do Estado do Pará (Uepa), Secretaria de Educação (Seduc), a Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Instituto Federal do Pará (IFPA).

Veja como foi aqui.

Categorias: Notícias

Especialização

Sectet - sex, 01/09/2017 - 12:15

A pós-graduação lato sensu em Gestão de Ciência e Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica, idealizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) teve início no dia 6 de fevereiro de 2017. O objetivo do curso é aperfeiçoar as habilidades dos servidores públicos do Estado para que eles possam estar aptos a elaborar projetos, realizar a gestão de programas específicos para o setor de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) de Educação Profissional e Tecnológica (EPT). A aula inaugural contou com a presença do professor da UnB, Dr. Elimar Nascimento, que ministrou a palestra "Ciência, Tecnologia & Inovação: desafios para um Brasil diferente”. Ao todo, 40 vagas foram disponibilizadas na primeira oferta do curso, com inscritos pertencentes ao quadro de servidores da Sectet e outros órgãos do governo que atuam em áreas afins. As disciplinas serão ofertadas em três módulos, que juntos somarão 360 horas/aula. Os módulos I e II serão comuns a todos os servidores, já o terceiro é o momento de o servidor eleger qual é a área em que pretende realizar o instrumental: CT&I ou EPT. As aulas ocorrerão durante uma semana uma vez por mês. A previsão de término do curso é julho de 2018.

Categorias: Notícias

Estado firma cooperação técnica para fomentar inclusão digital

Prodepa - sex, 01/09/2017 - 11:08
01/09/2017 - 10:30

O Governo do Pará, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), firmou um Termo de Cooperação Técnica nesta quinta-feira (31) com o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE-PA) e Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), visando à integração do Estado através da fibra óptica, ampliando o acesso à informação e ao conhecimento para a população em todo o Estado. Outro objetivo é o interesse comum de integração tecnológica e administrativa nas áreas de treinamento, capacitação e engenharia das instituições envolvidas. A cerimônia ocorreu na sede do TRT da 8ª Região, em Belém.

A cooperação técnica entre os órgãos pretende atingir o desenvolvimento de ações estratégicas nas áreas de tecnologia da informação e engenharia, por intermédio da formação de um comitê permanente e de grupos de trabalho voltados à padronização tecnológica, uniformização de procedimentos e gerenciamento de informações, que possibilitem o intercâmbio de pessoal técnico, sistemas de dados e o compartilhamento de projetos e infraestrutura tecnológica e de suporte.

O acordo vai viabilizar a realização de treinamentos e capacitação de magistrados e demais servidores das instituições, a possibilidade de trabalho em parceria em processos de licitação e a implantação conjunta do Sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJE,) pelo TRT 8ª Região e TJE-PA, quando for considerado viável para os órgãos que celebraram o acordo. Atividades que tenham impactos técnicos e operacionais significativos também poderão ser objeto do termo de cooperação.

Avanço - “O governo do Estado já instalou mais de 1.500 quilômetros de fibra óptica em diversas regiões do Pará. É exatamente neste sentido que a assinatura deste termo de cooperação é importante, porque é preciso ir além e avançar ainda mais no processo de inclusão digital da população, proporcionando cidadania e o acesso a diversos serviços. É fundamental garantir efetividade a essas ações e assegurar que as pessoas possam exercer seus direitos”, frisou o procurador-geral do Estado, Ophir Cavalcante Jr.

“Precisamos usar a criatividade e encontrar soluções rápidas e econômicas. A tecnologia da informação é considerada o coração de uma empresa pública ou privada. Por isso, a união de todas essas instituições é fundamental para o aperfeiçoamento das ações, em benefício da população paraense”, destacou o presidente do TJE-PA, desembargador Ricardo Ferreira Nunes.

Por rios e florestas - O presidente da Prodepa, Theo Carlos Flexa Ribeiro Pires, destacou as dificuldades e os desafios geográficos e populacionais da Amazônia para o incremento das ações da área de tecnologia da informação. “É necessário trilhar caminhos que facilitem e viabilizem a infraestrutura de fibra óptica, levando o sinal através dos rios e da floresta, trabalhando em conjunto e compartilhando orçamentos na direção dos nossos esforços. Só desta forma é possível atender mais rápido e melhor a sociedade”, ressaltou.

A desembargadora Suzy Elizabeth Cavalcante Koury, presidente do TRT da 8ª Região, disse que “o termo representa a possibilidade de aproximar e interligar as comunidades paraenses, a inclusão e o acesso à cidadania. O conhecimento que será gerado vai contribuir para o desenvolvimento do Estado. A cooperação faz a diferença na construção de uma sociedade melhor”.

 

Fonte: PGE     Tags: Inclusão digital PGE TRT Cooperação
Categorias: Notícias

Páginas