• White/Preto
  • Padrão

Current Style: Padrão

Governo do Estado do Pará

Você está aqui:

EDITAL Nº 002, DE 07 DE OUTUBRO DE 2016. ABERTURA DAS INSCRIÇÕES DE CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA, NA MODALIDADE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Sectet - qui, 13/10/2016 - 13:54
Data do Edital: 13/10/2016

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (SECTET), no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura das inscrições para Cursos de Educação Profissional e Tecnológica, na modalidade Qualificação Profissional e Aperfeiçoamento Profissional, de caráter teórico-prático, dirigidos para apoiar atividades da indústria em geral, em vinte municípios, pertencentes a oito Regiões de Integração do Estado do Pará.

AnexoTamanho EDITAL N.2 - OFERTA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL 0UTUBRO 2016 _2_.pdf166.26 KB
Categorias: Notícias

Sectet abre inscrições para curso técnico voltado para o setor de produção sucroalcooleira

Sectet - qui, 13/10/2016 - 11:20
13/10/2016

Estão abertas as inscrições gratuitas para o curso técnico em açúcar e álcool, ofertado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), por meio da Diretoria de Educação Técnica e Tecnológica. Com 40 vagas ofertadas, a capacitação, de caráter teórico-prático, é do tipo presencial e tem o objetivo de atender a demanda por mão de obra no setor de produção sucroalcooleira no município de Ulianópolis.

O curso, que será executado pela Unidade de Ensino do SENAI/PA de Paragominas, conta com a parceria da Pagrisa S.A., empresa voltada para a cadeia produtiva da indústria sucroalcooleira da região Norte, atuando em atividades que vão desde a produção da cana-de- açúcar, até a colocação do açúcar e do álcool no mercado para consumo final.  

Inscrições – Poderão se inscrever gratuitamente no curso, concluintes do Ensino Médio com 18 anos ou mais. Além disso, os interessados devem ser beneficiários de programas de transferência de renda, ser trabalhadores, com ou sem vínculo empregatício, e ter cursado o ensino médio completo na condição de bolsista integral ou parcial.

Com carga horária total de 1.200 horas, a capacitação terá sua parte prática sendo ministrada nos laboratórios da própria Pagrisa S.A., que se responsabilizará pelo transporte dos alunos do município de Ulianópolis até a sede da empresa. "A Pagrisa é um importante parceiro do Governo do Estado, que auxiliou na identificação real das demandas em educação profissional e no compartilhamento de espaços e experiência de seus profissionais", afirma o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello.

As aulas terão início a partir do dia 3 de novembro deste ano e as inscrições podem ser feitas pelo site: http://ead.sectet.pa.gov.br/inscricoes/. Para comprovar a escolaridade, os inscritos podem utilizar a autodeclaração que consta aqui. Mais informações pelo telefone (91) 4009-2548 ou pelo e-mail tecnicoacucarealcoolsectet@gmail.com.

Serviço

Curso técnico em açúcar e álcool na modalidade técnico subsequente (pós-médio)
Realização: a partir do dia 3 de novembro de 2016.
Inscrições: até o dia 21 de outubro de 2016, pelo site: http://ead.sectet.pa.gov.br/inscricoes/.
Mais informações: (91) 4009-2548 ou pelo e-mail tecnicoacucarealcoolsectet@gmail.com.

Texto: Igor de Souza - Ascom Sectet

Categorias: Notícias

Sectet abre inscrições para preenchimento de 1200 vagas em cursos de educação profissional

Sectet - ter, 11/10/2016 - 11:43
11/10/2016

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) ofertará mais de 1200 vagas para diversos cursos gratuitos de educação profissional, destinados a qualificar mão-de-obra para atuar em indústrias de 20 municípios paraenses. Os cursos estão com inscrições abertas até o dia 21 de outubro e serão executados pelas Unidades de Ensino do Senai/PA, contratadas pela Sectet no âmbito do Programa de Educação Profissional e Tecnológica do Estado do Pará – Pará Profissional.

As capacitações teórico-práticas ofertadas são presenciais e variam de acordo com as demandas do setor produtivo de cada município.  Um dos diferenciais na oferta destes cursos é que a parte prática será ensinada no ambiente de indústrias e empresas parceiras, que disponibilizarão seus espaços para que as aulas alcancem os objetivos esperados, que é tornar os participantes aptos a trabalhar.

Em Belém, por exemplo, serão destinadas 30 vagas para o curso “Boas práticas na manipulação higiênico-sanitária de alimentos - açaí”.  Já em Itaituba, os cursos oferecidos vêm para atender às demandas específicas geradas pelo implantação da infraestrutura do Porto de Miritituba. Já o curso “Reparação de sistemas de injeção eletrônica de motocicletas” será ministrado em diversos municípios em função da alta demanda por esse serviço especializado. “Esses são só alguns dos 22 tipos de cursos que serão ofertados para qualificar a mão-de-obra regional no âmbito do Programa Pará Profissional, contribuindo para a geração de emprego e renda em todas as regiões de integração do estado”, destaca o diretor de Educação Técnica e Tecnológica, Luís Blasques.

A Sectet realiza as inscrições por meio do site: http://ead.sectet.pa.gov.br/inscricoes/. Após seleção interna, a efetivação da matrícula ocorrerá com apresentação dos documentos do candidato às Unidades de Ensino do Senai/PA nos municípios ofertantes. Para comprovar a escolaridade, os inscritos podem utilizar a autodeclaração que consta aqui. O edital completo, contendo os cursos, número de vagas e municípios atendidos, pode ser acessado aqui.  Mais informações pelo email:   para.profissional2016@gmail.com ou pelo telefone: 4009-2559.

Texto: Ana Carolina Pimenta - Ascom Sectet

Categorias: Notícias

Sectet divulga programação da VII Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Sectet - ter, 11/10/2016 - 11:27
11/10/2016

De 17 a 19 de outubro, no Centur, o público paraense terá oportunidade de conhecer mais sobre o interessante universo da Ciência, por meio da realização da VII Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento é promovido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) e inclui mais de 50 atividades gratuitas, entre exposições interativas, observações astronômicas, palestras e oficinas promovidas por diversas instituições de ensino e pesquisa regionais. 

A Feira ocorre durante a Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação que, este ano, traz como tema central “Ciência alimentando o Brasil”. Por conta disso, a programação do evento contempla, principalmente, atividades que estimulem a curiosidade e motivem a população a discutir acerca das boas práticas na alimentação no cotidiano e no preparo ideal de alimentos, além, é claro, de abordar diferentes temáticas do universo científico.

Um dos destaques no primeiro dia (17) é a palestra “Boas práticas de fabricação do Açaí”, ministrada pela pesquisadora Consuelo Lima, da Faculdade de Engenharia de Alimentos da UFPA. Minicursos sobre desenvolvimento de sites ofertado pelo Campus da UFPA de Castanhal, rodas de conversa sobre doenças sexualmente transmissíveis e oficinas de fotografia e audiovisual ministrados pelo projeto Biizu, da Secretaria de Comunicação, integram, também, o ciclo de atividades do primeiro dia. 

No dia 18, terça-feira, a programação segue atraente para empreendedores, professores, estudantes de todos os níveis de ensino e para o público em geral. Uso da robótica no ambiente escolar, tecnologias aplicadas para a conservação de alimentos e desenvolvimento de aplicativos são alguns dos temas abordados. Já no dia 19, a programação oferece palestras sobre astronomia, eletromagnetismo e oficina sobre artesanato sustentável, ministrada pelo Sebrae, um dos apoiadores do evento. 

Inscrições - A Feira é gratuita e aberta ao público em geral, mas os interessados em receber certificado de participação nas oficinas e minicursos devem se inscrever no local do evento. Confira a programação completa das atividades da feira aqui.

Estandes – A Feira contará com estandes das principais instituições de ensino e pesquisa da Pará, as quais realizarão exposições interativas para aproximar a Ciência e Tecnologia da população. Confira algumas das instituições que estarão expondo seus trabalhos: Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA); Planetário Móvel (Uepa); Grupo de Estudos e Desenvolvimento de Alternativas Energéticas (Gedae/UFPA); Museu Interativo da Física (UFPA); Núcleo de Astronomia (Nastro/UFPA); Laboratório de Demonstrações de Física (Labdemon/UFPA); Programa de Educação Tutorial PET UFPA Medicina/Enfermagem; Grupo de Tecnologias de Alimentos (Uepa); Instituto Evandro Chagas; UFPA Campus Castanhal.

Serviço: VII Feira Estadual de Ciência e Tecnologia
Data: 17 a 19 de outubro, das 9h às 18h
Local: Centur – Centro Cultural Tancredo Neves (Av. Gentil Bitencourt, 650). 
Mais informações: http://www.semanact.pa.gov.br/ ou 4009-2532.

Texto: Ana Carolina Pimenta - Ascom Sectet

 

Categorias: Notícias

Kd a Berlinda?' começa a monitorar a primeira das 12 procissões do Círio 2016

Prodepa - sex, 07/10/2016 - 09:42
06/10/2016 - 09:30

O "Kd a Berlinda?", aplicativo desenvolvido pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) começa nesta sexta-feira (7) a monitorar a primeira das doze romarias do Círio de Nazaré em que o serviço estará disponível, o Traslado para Ananindeua. No sábado (8), vai acompanhar a ida para o distrito de Icoaraci, a Romaria Fluvial, a Motorromaria e a Trasladação; e no domingo (9), o Círio.

Por ter o maior trajeto, o Traslado para Ananindeua ainda é a mais extensa das romarias, com 52 quilômetros, passando por três municípios (Belém, Ananindeua e Marituba). Realizada em um dia de semana, é também a romaria que mais afeta a rotina da população, que vai poder contar com o serviço, para melhor se locomover durante toda a sexta-feira. “Por onde passa a romaria, há uma verdadeira movimentação com relação a todos os órgãos de segurança. Tem defesa civil, bombeiros, polícia militar, trânsito. Uma série de agentes que precisam ter acesso à localização da berlinda em tempo real, além das pessoas. Principalmente para poder se planejar com relação aos postos de atendimento, às unidades volantes, às ambulâncias, tudo aquilo que serve de apoio, o aplicativo é usado por esses órgãos para monitorar o andamento real das procissões”, destaca Lourenço Monteiro, diretor de Desenvolvimento de Sistemas da Prodepa.

Como serviço de utilidade pública, a ferramenta tem sistema georreferenciado, em que as coordenadas da berlinda são capturadas por GPS em tempo real e transmitidas para um servidor. “O compromisso é com a prestação do serviço público. Nós disponibilizamos o mapa para as redes de televisão, que é consumido até pelas equipes de reportagem. É um serviço importante num evento de tantas pessoas na rua. Todos que tem um celular conseguem rapidamente consultar”, reforça Lourenço.

Em um site web (www.kdaberlinda.pa.gov.br), acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido. Utiliza aplicações ajustáveis, que se adaptam ao tamanho da tela. A página é acessada com todas as suas funcionalidades, independente do dispositivo utilizado, computador, tablet ou celular.

Utilizando o serviço de mapa do google, o "Kd a Berlinda?" oferece um indicativo do fluxo de trânsito. A informação desse tráfego, dessa intensidade, também está disponível ao usuário através de cores, indicando a velocidade média nas vias ao redor da procissão. A cor verde indica uma velocidade média acima de 80 km/h; a amarela indica velocidade de 40 a 80 km/h e a cor vermelha, de até 40 km/h.

A ferramenta ‘trajetos fáceis’ auxilia o usuário a ir de um ponto a outro, não necessariamente onde a berlinda esteja. Considerado um aplicativo nativo, é possível fazer o download direto da loja dos aplicativos para o celular, de graça, sem nenhum custo, e com um ícone já abrir direto no mapa para visualizar onde está a berlinda.

Outras seis romarias, que serão realizadas após o Círio: Ciclorromaria, Romaria dos Corredores, Romaria da Juventude, Romaria das Crianças, Procissão da Festa e o Recírio, também contarão com o serviço, abrangendo as 12 procissões e totalizando mais de 140 quilômetros monitorados pela ferramenta.

Tags: Aplicativo Kdaberlinda Círio monitoramento
Categorias: Notícias

Círio 2016

Sectet - qua, 05/10/2016 - 15:56

Na manhã do dia 5 de outubro de 2016, os servidores da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) receberam a imagem peregrina de Nossa Senhora Nazaré, que visitou a instituição em comemoração às festividades do Círio. Na ocasião, os servidores participaram de um culto celebrado pelo diácono José Maria de Araújo, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. 

Categorias: Notícias

Feira de Produtos Agroecológicos amplia parceria entre Emater e Prodepa

Prodepa - seg, 03/10/2016 - 12:07
01/10/2016 - 12:00

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará), participou na manhã desta sexta-feira (30), na Área Verde, dependência externa do prédio da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), de ações produtivas e ambientais que intensificam a parceria interinstitucional entre as duas empresas. Dentre as ações, a Feira de Produtos Agroecológicos.

Cerca de 300 pessoas prestigiaram a Feira, entre consumidores da própria Prodepa e também da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e da Polícia Militar, que ficam às proximidades da área de estacionamento da Prodepa, para adquirirem frutas e hortaliças orgânicas e outros produtos vindos do município de Santa Izabel do Pará, cultivadas por 10 produtores locais, que tiveram suas participações organizadas pelos engenheiros agrônomos da Emater, Alexandre Galvão, Sinval Paiva, Celso Puget e Ronaldo Sanches.

A programação do evento não se restringiu à feira. Ela foi enriquecida com uma palestra proferida pelo engenheiro agrônomo Dionilson Cardozo da Cunha, lotado no escritório local da Emater, em Belém, que deu informações ambientais importantes para alunos da Escola Municipal Airton Senna, da capital paraense. Após a palestra, os alunos participaram do plantio de 30 mudas, colocando em prática algumas das informações recebidas na palestra.

Essas ações intensificam cada vez mais a parceria entre as duas empresas, em um processo de implantação do projeto interinstitucional que prevê melhor aproveitamento dos resíduos dos refeitórios que servem aos funcionários do Prodepa, Seduc e Polícia Militar, e se configura por meio de palestras, implantação de pilha de compostagem e envolvimento de escolas e de famílias vizinhas para a implantação de uma horta, que utilizará o adubo orgânico produzido a partir dos restos de folhagens e outros resíduos dos três refeitórios na compostagem a ser implantada.

Agência Pará

Tags: Parceria Emater feira agroecológico
Categorias: Notícias

O Norte do País recebe o maior evento brasileiro de TIC para gestão pública

Prodepa - qua, 28/09/2016 - 10:20
28/09/2016 - 10:15

Manaus (AM) foi escolhida para receber a 44º edição do Seminário Nacional de TIC para Gestão Pública (SECOP 2016), que acontece entre os dias 9 e 11 de novembro. Especialistas em TI governamental de todo o Brasil, além de líderes das 3 esferas de Governo, são esperados no mais importante evento de tecnologia para o setor público.

Soluções compartilhadas, ideias, network e tendências serão apresentadas ao longo dos três dias de evento. Mais de 700 gestores de TI em nível nacional estarão presentes.

Sob o tema “Inovação Social”, serão realizadas palestras, painéis e mesas-redondas, onde serão discutidos temas relevantes do setor de informática pública, tendo como público-alvo os profissionais e gestores públicos e privados de TIC, pesquisadores das áreas de Desenvolvimento, Tecnologia, Informática e Sistemas de Informações.

O evento é uma iniciativa da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP) que congrega empresas de TIC estaduais em todas as Regiões do Brasil. A edição 2016 é feita em parceria com a Processamento de Dados do Amazonas (Prodam).

ABEP - A Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação atua no fortalecimento da cooperação entre suas associadas em todo o País há quase quatro décadas. Promover a cooperação entre as suas associadas e participar efetivamente na formulação de políticas públicas de TIC, nas diversas esferas governamentais, visando ao fortalecimento da informática pública como instrumento de gestão, prestação de serviços e cidadania é a missão da Abep.

As Associadas - As entidades associadas da ABEP atuam na busca da modernização administrativa, aliada à qualidade e produtividade dos serviços que os governos estaduais prestam à sociedade em setores como educação, saúde, transportes, segurança pública, habitação, entre tantos outros. A Celepar é uma das empresas de tecnologia da informação e comunicação que compõe a ABEP, que tem como objetivo fomentar a melhoria contínua dos serviços públicos que o governo presta aos cidadãos por meio do uso de tecnologia.

Tags: Secop TIC gestão pública
Categorias: Notícias

Nova versão do "Kd a Berlinda?" já está disponível para as 12 romarias

Prodepa - qua, 28/09/2016 - 10:03
27/09/2016 - 09:45

Em seu quinto ano de funcionamento, o aplicativo "Kd a Berlinda?", desenvolvido pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), volta a monitorar as 12 romarias da Festividade de Nossa Senhora de Nazaré em 2016. A nova versão inclui várias funcionalidades de performance, que mesmo sem visualização geram maior satisfação para o usuário.

Para Lourenço Monteiro, diretor de Desenvolvimento de Sistemas da Prodepa, as inovações são necessárias porque as redes são ampliadas e os aparelhos celulares estão cada vez mais desenvolvidos. “Temos otimizado cada vez mais o aplicativo para usar em cima das novas tecnologias, não só de conexão de dados de redes, mas também dos aparelhos novos, para que o aplicativo fique mais preciso e rápido”, informa.

Todo o layout da aplicação foi reformulado, em termos de interface com o usuário. “Esta mudança foi feita para facilitar o uso, para que mais pessoas utilizem, tornando ainda mais viável essa utilização”, completa Lourenço Monteiro.

Tempo real - Como serviço de utilidade pública, a ferramenta tem sistema georreferenciado, em que as coordenadas da berlinda são capturadas por GPS em tempo real e transmitidas pela rede  para um servidor. Em um site web (www.kdaberlinda.pa.gov.br), acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido. Utiliza aplicações ajustáveis, que se adaptam ao tamanho da tela. A página é acessada com todas as suas funcionalidades, independentemente do dispositivo utilizado - computador, tablet ou celular.

Disponível em três plataformas: Android, IOS (Iphone e Ipad) e Windows Phone, o “Kd a Berlinda?”é considerado um aplicativo nativo. É possível fazer o download direto da loja dos aplicativos para o celular, sem nenhum custo, e com um ícone já abrir direto no mapa para visualizar onde está a berlinda. Já são mais de 26 mil downloads nas três plataformas.

O serviço estará disponível a partir do Traslado para Ananindeua, a primeira romaria, na sexta-feira (7 de outubro), prosseguindo nas demais procissões do sábado (8): a ida para o distrito de Icoaraci, a Romaria Fluvial, a Motorromaria e a Trasladação; e no domingo (09), no Círio. Nas outras seis romarias realizadas após o Círio também haverá o monitoramento: a Ciclo Romaria, a Romaria da Juventude, a Romaria das Crianças, a Romaria dos Corredores, Procissão da Festa e o Recírio.

Asscom Prodepa

 

Tags: Aplicativo Kdaberlinda Círio monitoramento
Categorias: Notícias

Infovia ampliará acesso à internet pelo Navegapará em municípios da região nordeste

Prodepa - ter, 27/09/2016 - 10:39
26/09/2016 - 10:30

Uma infovia de fibra óptica será instalada entre os municípios de Peixe-Boi e Capanema, no nordeste paraense, para levar internet de qualidade e baixo custo aos campi da Universidade Federal do Pará (UFPA) e aos órgãos estaduais, como hospitais, escolas e delegacias, situados em diversos municípios da região. A parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa) e UFPA vai garantir a implantação da infovia.

A iniciativa dá sequência e amplia o Acordo de Cooperação Técnica e Financeira assinado pelas instituições em 2013, destinado a viabilizar a expansão do Programa Navegapará.

Além da estrutura de fibra óptica, a parceria prevê a implantação de um sistema de rádio de micro-ondas para transporte de dados em localidades existentes na rota entre os municípios de Santa Maria do Pará e Salinópolis, e Santa Maria do Pará e Bragança. “A Sectet e a Prodepa estão se esforçando bastante para garantir internet confiável e de baixo custo nas cidades paraenses por meio da captação de parceiros regionais para viabilizar essa meta. A UFPA certamente é um deles por estar presente em diversos municípios através de seus campi e núcleos”, ressalta o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello.

No máximo em dois anos a capacidade de internet deverá ser ampliada nos campi e polos da UFPA, permitindo, por exemplo, a oferta de cursos a distância à população dos municípios contemplados.

Agência Pará

Tags: Infovia fibra óptica Internet
Categorias: Notícias

Prodepa recebe Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web

Prodepa - seg, 19/09/2016 - 09:34
16/09/2016 - 09:30

O a1br.org - o primeiro portal de notícias acessível do Brasil, desenvolvido pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) em parceria com a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) conseguiu o terceiro lugar na categoria Projetos Web Sociedade na quarta edição do “Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web - Todos@web”. O analista de sistemas e idealizador do projeto, Edinamar Corrêa, participou da cerimônia de premiação na noite desta quinta-feira (15) no Rio de Janeiro.

O portal a1br.org possui um mecanismo que possibilita fazer uma varredura nos grandes portais de notícias e "capturar" os conteúdos principais tornando-o limpo e acessível, facilitando assim a sua leitura, principalmente por pessoas com deficiência visual e intelectual. Banners, imagens e propagandas não interessam para pessoas cegas ou com baixa visão. Este excedente é retirado, permanecendo apenas o que interessa, o conteúdo.

Com um layout limpo, é possível que os programas de leitura de tela identifiquem o mais importante dentro de uma página, o conteúdo, e façam uma leitura sem interferências. No caso específico das pessoas com deficiência visual, o sistema está preparado para ser utilizado por diferentes leitores de tela como NVDA, Jaws, Virtual Vision, Dosvox, entre outros.

As notícias são atualizadas automaticamente. E tudo foi produzido com tecnologias livres, o único custo é com a hospedagem do site. O portal é mobile, é possível acessar por dispositivos móveis, mas a ideia é desenvolver um aplicativo também. Para a execução do projeto foi assinado um termo de cooperação entre a Prodepa e a Ufra para tratar a questão de tecnologia e acessibilidade. A equipe coordenada por Edinamar é composta pelos pesquisadores da Acessar/Ufra (Andréa Miranda e Greyson Santos); por Luiz Guilherme F. Cruz e Tiago Sousa, da Prodepa.

Responsabilidade Social - Com a intenção de promover a acessibilidade na web, a Prodepa vem desde 2006 pesquisando, construindo e implementando websites governamentais e projetos internos, conceitos e boas práticas de acessibilidade nos seus produtos. Os sites desenvolvidos pela Prodepa oferecem aumento do tamanho do texto, tabulação de um ponto para outro na tela feita de forma linear, o que ajuda os programas de leitura a ler adequadamente as informações disponíveis, e um layout em quatro cores diferentes, recursos voltados para pessoas com deficiências visuais.

Promovendo oficinas, participando de painéis, palestras e seminários, a Prodepa também ajudou a promover a acessibilidade na web em todo o Estado. As ações tiveram o propósito de divulgar os conteúdos disponíveis na internet, permitindo que informações e serviços destacados pelo governo possam ser acessados pelo maior número possível de pessoas. Para o Estado é muito importante que a população acesse os serviços públicos, independentemente de sua condição.

A premiação tem como objetivo promover nacionalmente o acesso à internet, de forma a conscientizar criadores e homenagear pessoas que se destacaram em atividades destinadas a promover o acesso a web e ações em prol do acesso de pessoas com deficiências na web.

A categoria Projetos Web pretende reconhecer publicamente websites que utilizem corretamente os padrões web, que apliquem as diretrizes de acessibilidade do W3C e não criem barreiras para que pessoas com deficiências os acessem. Além de características técnicas, foram levadas em consideração a criatividade e usabilidade no projeto web. O objetivo é premiar a iniciativa e o esforço da implementação da acessibilidade nos projetos web. A Prodepa já havia recebido menção honrosa na primeira edição, e chegou a final na segunda edição, na categoria Instituição.

Asscom Prodepa

Tags: Acessibilidade Prêmio web
Categorias: Notícias

Sectet ofertará capacitações profissionais em dez municípios da Região do Xingu

Sectet - sex, 16/09/2016 - 15:38
16/09/2016

Ofertar 700 vagas em cursos de formação continuada para trabalhadores em educação de jovens e adultos (EJA) em dez municípios da Região do Xingu. Essa é a meta do Projeto 227/2015, coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), e aprovado no Edital de 2015 do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX). Para apresentar o projeto e consolidar parcerias, a Sectet, por meio da Diretoria de Educação Técnica e Tecnológica, realizou, de 12 a 15 de setembro, três seminários nos municípios de Altamira, Medicilândia e Vitória do Xingu.

Entre as ações inclusas no Projeto, destaca-se a oferta do curso “Aprimoramento de Práticas Educativas com uso de instrumentos didáticos para a dinâmica produtiva”, que tem por objetivo qualificar os trabalhadores em educação da rede pública de ensino que atuam na EJA, que serão multiplicadores das práticas educativas para os demais professores da rede. O curso será de 40 horas e está previsto para ocorrer de 07 a 11 de novembro deste ano, em Altamira (PA).

“A Educação de Jovens e Adultos no estado necessita de um olhar diferenciado, diretamente relacionado com o setor produtivo, pois seu público-alvo, em geral, já está inserido no mercado de trabalho ou pretende acessá-lo tão logo conclua sua formação básica”, destaca o Diretor de Educação Técnica e Tecnológica da Sectet, Luis Blasques.

Participaram dos seminários secretários de Educação, coordenadores da EJA e representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores em Educação dos municípios de Altamira, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Vitória do Xingu e Brasil Novo, além do Instituto Avaliação (gestora do PDRSX) e da câmara técnica de Educação do PDRSX. Na ocasião, os secretários assinaram o Termo de Adesão ao Projeto 227/2015 e se comprometeram a auxiliar a Sectet a executar as ações previstas.

Confira mais fotos dos seminários aqui.

Texto: Ana Carolina Pimenta (Ascom Sectet)

Categorias: Notícias

PDRS Xingu

Sectet - sex, 16/09/2016 - 13:51

Ofertar 700 vagas em cursos de formação continuada para trabalhadores em educação de jovens e adultos (EJA) em dez municípios da Região do Xingu. Essa é a meta do Projeto 227/2015, coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), e aprovado no Edital de 2015 do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX). Para apresentar o projeto e consolidar parcerias, a Sectet, por meio da Diretoria de Educação Técnica e Tecnológica, realizou, de 12 a 15 de setembro, três seminários nos municípios de Altamira, Medicilândia e Vitória do Xingu.

Categorias: Notícias

Aplicativo Governo Digital garante ao cidadão acesso a serviços do Estado

Prodepa - qui, 15/09/2016 - 08:41
14/09/2016 - 08:30

Imagine a praticidade de consultar um serviço público pelo smartphone ou tablet. Aproximar o cidadão de seus direitos por meio de um aplicativo para dispositivos móveis é o objetivo do Governo Digital Mobile, sistema desenvolvido pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), que permite ao usuário gerar e fiscalizar demandas de órgãos como a Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e Corpo de Bombeiros, entre outros.

‘’Com o aumento do uso de dispositivos móveis, essa forma de comunicação torna a relação entre população e gestão pública mais prática, transparente e barata. O aplicativo funciona como uma central de serviços. Qualquer cidadão pode usar gratuitamente’’, explica o diretor de Desenvolvimento de Sistemas da Prodepa, Lourenço Monteiro. Desde quando foi lançado, em dezembro de 2014, o aplicativo – disponível nas plataformas Android e iOS – já teve cerca de 2,3 mil downloads. Para acessar, basta se cadastrar com o preenchimento de um formulário básico.

Em 2015, o Governo Digital Mobile foi eleito pelo prêmio E-Gov um dos 20 melhores cases do Brasil na categoria E-Serviços Públicos. Lourenço Monteiro conta que a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação da Bahia (Prodeb) estudou o aplicativo com o apoio da equipe de desenvolvimento da Prodepa para implementar o sistema no Estado nordestino.

O Governo Digital Mobile é semelhante a aplicativos como o Colab e o norte-americano Citizen Insight, que têm as mesmas funções. O primeiro é brasileiro e foi eleito o melhor aplicativo urbano do mundo pela AppMyCity, em 2013. O segundo é o oficial da Prefeitura de Boston, Massachussets. ‘’A diferença consiste no compromisso de quem se envolve. Em um aplicativo oficial, como o Governo Digital Mobile, a notificação da demanda sempre será registrada, analisada e operacionalizada por uma equipe diretamente ligada ao órgão solicitado, porém, em um não oficial, não. Isto aumenta a credibilidade entre o emissor e receptor da demanda’’, explica o diretor de Desenvolvimento da Prodepa.

Cosanpa na palma da mão

A Cosanpa é um dos órgãos que podem ser acessados pelo Governo Digital Mobile. O cidadão pode, por exemplo, informar sobre vazamentos. ‘’A Cosanpa está no aplicativo desde 2014. Até hoje foram registradas 460 demandas, a maioria de serviços que não estão inclusos ainda, como religamento. Apesar disso, atendemos. Até hoje já solucionamos 437 casos, e 17 estão em análise. Outras cinco demandas não foram localizadas por imprecisão no endereço, e uma por ser um caso de alta complexidade. Quando um caso é solucionado, a pessoa que gerou a demanda é notificada sobre o fim do problema’’, detalha o gerente da Unidade Executiva de Produtos e Serviços da Cosanpa, Edson Cardoso.

Usuária do Governo Digital Mobile há três meses, a funcionária pública Amanda Carmona conta que fez o download do aplicativo por conta de um vazamento de água na rua em que mora, no bairro de Nazaré. ‘’Notifiquei a Cosanpa e o problema foi resolvido em 48 horas. Eu não esperava que fosse surtir efeito, mas me enganei. Superou minhas expectativas’’, avalia ela, que recomenda a ferramenta aos familiares e amigos. ‘’Nunca sabemos quando podemos precisar, então é bom ter uma opção de solução na palma da mão’’.

Serviços disponíveis:

Procon – Denúncias;

Cosanpa – Notificação de vazamento;

Ponto Cidadão – Problema na emissão de boletim de ocorrência, boletim de mal atendimento, assalto a ônibus, assalto em posto de saúde e notificação sobre violência em ambiente escolar;

Semas – Notificação sobre desmatamentos;

Corpo de Bombeiros – Notificação sobre incêndios;

Prodepa – Notificação sobre hotzone sem sinal de internet.

Por Sérgio Moraes

Tags: Governo digital serviços públicos aplicativo
Categorias: Notícias

Prêmio Excelência em Governo Eletrônico 2016

Prodepa - qua, 14/09/2016 - 16:36
15/09/2016 - 16:30

Já estão abertas as inscrições para a 15º edição do Prêmio e-Gov, que apresenta e reconhece as melhores iniciativas de TIC no setor público. O objetivo da premiação é incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico na administração pública, além de divulgar ações que, com o uso da tecnologia da informação, possam oferecer benefícios aos cidadãos.
 

Além da visibilidade, os autores de projetos finalistas irão ao SECOP 2016 – Seminário Nacional de TIC para a Gestão Pública – com tudo pago pela ABEP – Associação Brasileira de Entidades Estaduais de TIC – (o evento será de 9 a 11 de novembro, em Manaus). E o grande vencedor, que será conhecido na abertura do SECOP, terá a oportunidade de palestrar no evento e ainda receberá R$ 10 mil em dinheiro.
 

Podem participar pessoas do setor público que tenham algum case de sucesso na área de TI. São aceitos projetos nas categorias: “e-Serviços Públicos” e “e-Administração Pública”.  As inscrições podem ser feitas até dia 30 de setembro, pelo site www.premioegov.org.br.
 

Sobre o Prêmio e-Gov
Criado em 2002, o Prêmio e-Gov é uma iniciativa da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP) e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Confira o regulamento detalhado aqui.  
 
ABEP
 

A Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação atua no fortalecimento da cooperação entre suas associadas em todo o País há quase quatro décadas.
 

Missão
Promover a cooperação entre as suas associadas e participar efetivamente na formulação de políticas públicas de TIC, nas diversas esferas governamentais, visando ao fortalecimento da informática pública como instrumento de gestão, prestação de serviços e cidadania.
 

As Associadas
As entidades associadas da ABEP atuam na busca da modernização administrativa, aliada à qualidade e produtividade dos serviços que os governos estaduais prestam à sociedade em setores como educação, saúde, transportes, segurança pública, habitação, entre tantos outros.
 
Mais informações:
Assessoria de Imprensa – BASIC Comunicação
www.basic.inf.br
(11) 2309-0122

 

Tags: e-gov governo eletrônico prêmio
Categorias: Notícias

Minicursos abordam legislação ligada ao empreendedorismo e ao mundo do trabalho

Sectet - ter, 13/09/2016 - 13:29
13/09/2016

Com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Agência de Inovação Tecnológica da UFPA (Universitec), por meio da Incubadora de Empresas (PIEBT) e da Coordenadoria de Empreendedorismo, realizará três minicursos com vistas a preparar empresários, estudantes e trabalhadores em relação ao empreendedorismo e as possibilidades de inserção e crescimento no mercado.

No dia 19, das 14h às 17h, a Universitec ofertará o minicurso “Direito Societário: Quero montar uma empresa/sociedade. E agora?”. O objetivo é explicar mais profundamente o que é o direito societário, as questões relacionadas à sociedade empresarial, tipos de sociedade e responsabilidades de sócios e administradores, a fim de indicar os aspectos da legislação referentes à formação de um negócio por meio de parcerias. O curso tem 40 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas até às 17h do dia 18/09.

O ministrante do curso é Renan Vieira da Gama Malcher, que é presidente da Comissão de Direito Empresarial da OAB/PA e presidente do Instituto Paraense de Direito Comercial (IPDCOM), além de ser mestrando em Direito Comercial na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, com ênfase em direito societário e bancário.

No dia 20, das 14h às 19h, serão ofertados os minicursos “Direito Tributário: o que são tributos e impostos e o que isso tem a ver comigo?” e “Direito do Trabalho: Qual a minha responsabilidade como empresa e como sócio?”. O primeiro busca explicar conceitos sobre impostos e tributações, dar noções básicas sobre o planejamento tributário e falar sobre a responsabilidade de uma empresa enquanto contribuinte. O ministrante será Bernardo de Paula Lobo, que é assessor jurídico da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e possui MBA em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP).

Já o curso sobre Direito do Trabalho vai abordar as configurações das relações de emprego, o custo do trabalhador para uma empresa, questões que envolvem os riscos da contratação de colaboradores via CNPJ e a responsabilidade trabalhista de uma instituição enquanto contratante de mão de obra. Quem ministrará é a mestre em Direito do Trabalho Jacqueline Vieira da Gama Malcher.  As inscrições vão até o dia 19 de setembro, às 17h.

Os minicursos ocorrerão no auditório da Universitec, localizado na UFPA, Campus do Guamá, setor profissional próximo à ponte do Vadião. As inscrições são realizadas pelos formulários de pré-inscrição disponível no site (www.universitec.ufpa.br) e mediante pagamento do valor de R$ 10 reais, na secretaria da Universitec. Mais informações pelo email: piebt.ufpa@gmail.com ou pelos telefones 3201-8022/98153-3518.

(Com informações da Ascom Universitec)

Categorias: Notícias

Navegapará começa a controlar acesso por exigência do Marco Civil da Internet

Prodepa - seg, 05/09/2016 - 16:03
03/09/2016 - 15:30

Já está em fase de teste o controle de acesso à rede de Internet Wi-Fi livre e gratuita do Navegapará. O objetivo é registrar todos os usuários dos hotzones (pontos de acesso livre à internet) do Estado, em função de uma exigência do Marco Civil da Internet. A solução está sendo utilizada em caráter experimental, o piloto de autenticação foi feito na Estação das Docas.

De acordo com Fernando Nunes, diretor de Tecnologia e Comunicação, a Prodepa criou um sistema para gerar login e senha aos usuários - o acesso continuará gratuito, mas os usuários terão de se cadastrar para usar a rede sem fio. "No sistema de identificação e controle, nós temos um cadastro único para toda a rede de acesso livre do Estado. A pessoa se cadastra com e-mail, celular e, a partir dessa identificação, não precisa mais se cadastrar, apenas se autenticar", afirmou o diretor.

Até o momento não existe identificação do usuário que se conecta ao Navegapará, e uma vez conectado, em qualquer área que ele for poderá se conectar automaticamente. Por exemplo, se ele se conectar em Vigia, quando chegar a Belém, num espaço que disponha de hotzones do Navegapará, como a Estação das Docas, o celular dele automaticamente se reconectará. Ou seja, uma pessoa conectada, mesmo não utilizando, está impedindo que outras pessoas utilizem aquele wi-fi.

Agora é possível ter um gerenciamento centralizado dos quatro equipamentos, criar redes individuais e verificar o que está acontecendo na parte física desses equipamentos. “Nós observamos que à noite, por exemplo, de um universo de 300 pessoas conectadas no rádio, apenas 50 estavam autenticadas. Chegamos à conclusão que mesmo que a pessoa não queira utilizar, o simples fato do celular dela estar no bolso ou em cima da mesa está ocupando uma secção de conexão. E com a autenticação é possível controlar isso”, esclareceu o diretor.

A aplicação também permite controlar o tempo de acesso que as pessoas podem permanecer utilizando esta rede. Inicialmente, cada conexão poderá ficar ativa por uma hora, após esse período o usuário será obrigado a reconectar-se. Se ficar inativo, sem usar a conexão por 20 minutos, também será desconectado. “Os limites de tempo de conexão, por inatividade e uso efetivo, são necessários para dar chance a outros usuários. Nós identificamos na utilização da rede que um mesmo usuário ficava ocupando o hotzone por um dia inteiro, dois dias, uma semana, ou não desconectava nunca. E quando ocupava todas as secções possíveis, ninguém mais se conectava. Estamos tentando maximizar os usuários atendidos pelo programa", concluiu Fernando.

Legislação

A Lei 12.965, de 23 de abril de 2014, conhecida como o Marco Civil da Internet, obriga que os registros de conexão dos usuários sejam guardados pelos provedores de acesso pelo período de um ano, sob total sigilo e em ambiente seguro. Essas informações dizem respeito apenas ao IP – sigla em inglês para “Internet Protocol”, que é o principal protocolo de comunicação da web –, data e horas inicial e final da conexão. O texto ainda faculta aos provedores a guarda de registros de acesso a aplicações de internet (que ligam o IP ao uso de aplicações da internet) por seis meses.

A lei também estabelece que a guarda de registros seja feita de forma anônima, ou seja, os provedores poderão guardar o IP, nunca informações sobre o usuário. A liberação desses dados, segundo o texto, só poderá ser feita mediante ordem judicial.

O documento ainda fixa princípios de privacidade sobre os dados que o usuário fornece aos provedores. A lei coloca como direito dos usuários que suas informações não podem ser usadas para um fim diferente daquele para que foram fornecidas, conforme estabelece a política de privacidade do serviço.

A rede de Internet Wi-Fi livre e gratuita do Navegapará - programa de inclusão social e digital do governo do Estado, implantado de forma conjunta pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) e pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) está disponível em cerca de 100 espaços públicos (praças e parques) e em mais de 68 municípios do interior paraense.

Pontos de acesso à Internet Wi-Fi Navegapará

Parques e praças em Belém
Icoaraci Orla-Igreja; Praça Dalcídio Jurandir; Bosque Rodrigues Alves; Praça Amazonas; Mangueirão; Terminal Hidroviário; Estação das Docas; Polo Joalheiro; Icoaraci Orla-Praia do Cruzeiro; Praça do Jaú; Mosqueiro Caramanchão; Mosqueiro Vila; Batista Campos; Praça das Castanheiras (Curió Utinga); Infocentro Paar; Praça Olavo Bilac; Praça do Arsenal; Praça Eduardo Angelim; Praça Dom Alberto Ramos; Allan Kardec; Vila da Barca 1; Vila da Barca 2 e Praça Alacid Nunes.

Interior:
Abaetetuba – Praça da Bandeira
Algodoal – Praça
Altamira - Orla
Ananindeua - Praça da Bíblia
Augusto Corrêa - Biblioteca
Barcarena – Praça José Pinheiro Rodrigues
Benevides – Praça Visconde de Maracaju
Bragança – Praça da Bandeira e Orla
Bujaru – Bujaru
Capanema – Praça Magalhães Barata
Castanhal – Praça Ignácio Coury Gabriel
Colares - Praça
Concórdia do Pará – Praça Gabriel Penha
Curuçá – Praça
Igarapé-Açu – Praça Matriz
Igarapé-miri – Praça Cônego Barros
Inhangapi – Praça Nossa Senhora de Fátima
Irituia – Praça Alírio Almeida de Moraes
Itaituba – Aeroporto e Orla
Itupiranga - Praça
Jacundá - Praça
Marabá – Praça Ginásio; Beira do Rio e Praça São Francisco
Maracanã – Praça São Miguel Arcanjo
Marapanim - Praça
Marituba – Praça Matriz
Marudá - Praça
Nova Timboteua - Praça
Novo Repartimento - Praça
Pacajá – Praça da Bandeira
Paragominas – Praça Célio Miranda
Ponta de Pedras – Praça e Terminal Hidroviário
Primavera - Matriz
Quatipuru - Orla
Rurópolis – Praça Cívica
Salinópolis – Atalaia; Maçarico Casemirão/Cairu e Maçarico Caiçara
Salvaterra - Praça
Santa Bárbara – Praça São Francisco
Santa Isabel - Praça
Santa Maria – Praça Matriz
Santarém – Praça do Pescador; Parque de Santarém e Praça 7 de Setembro (Alter do Chão)
Santarém Novo - Praça
Santo Antônio do Tauá - Praça
São Caetano de Odivelas - Praça
São Domingos do Capim – Praça da Bandeira-Orla
São Francisco - Praça
São João da Ponta – Torre Prodepa e Emater
São João de Pirabas - Praça
São Miguel do Guamá – Praça Licurgo Peixoto
Soure - Praça
Tailândia – Praça do Povo
Terra Alta - Praça
Tracuateua - Praça
Tucuruí – Vila Permanete, Praça Rotary e Praça Jardim Paraíso
Uruará – Praça Santo Antônio
Vigia - Matriz

Agência Pará

Tags: Marco Civil da Internet controle acesso
Categorias: Notícias

Prodepa disponibiliza wi-fi gratuito para o público do Salão do Livro do Baixo Amazonas

Prodepa - sex, 02/09/2016 - 16:37
02/09/2016 - 16:30

Quem visitar o espaço Pérola do Tapajós, a partir desta sexta-feira, 2, poderá acessar gratuitamente a rede mundial de computadores na IX edição do Salão do Livro, Parque da Cidade, em Santarém. A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), durante o evento e por meio do Navegapará, disponibilizará para o público um hotzone (ponto de acesso livre à internet) com capacidade para até 400 conexões simultâneas.

Com o objetivo de promover a inclusão digital, o Navegapará é presença constante em eventos na capital e no interior. As ações fortalecem o compromisso do governo do Estado em assegurar inclusão digital nos espaços públicos e a democratização do acesso ao saber e ao conhecimento. O acesso gratuito à internet é mais um atrativo para os visitantes do Salão, que poderão usar o serviço para compartilhamento de mensagens, fotos, vídeos e acesso à informação.

O Salão do Livro, maior evento literário da região do Baixo Amazonas, começa nesta sexta-feira e vai até o dia 11 de setembro. A nona edição reúne escritores e editoras, que colocam a disposição da população centenas de exemplares de livros, revistas, além de materiais pedagógicos e de pesquisa, com preços acessíveis e para todos os gostos.

Uma extensão da Feira Pan Amazônica do Livro, numa versão menor, este ano traz o tema “Terra: o país de todos”, um convite a uma reflexão sobre a necessidade de cuidar daquele que é a nação de todos. A escritora homenageada é a paraense Amarílis Tupiassú. O evento conta com uma vasta programação cultural que inclui teatro, encontros literários, entre outros.

Serviço: O Salão do Livro do Baixo Amazonas é realizado pelo Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), em parceria com a Prefeitura de Santarém. Segue até 11 de setembro, no espaço Pérola Tapajós, Parque da Cidade. A entrada é gratuita e o funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 9h as 22h; aos sábados, domingos e feriados, de 15h as 22h.

Tags: Wi-fi Santarém Feira do Livro
Categorias: Notícias

Universitec UFPA

Sectet - sex, 02/09/2016 - 09:59
02/09/2016

Agência de Inovação da UFPA oferta minicurso "Liderança e Trabalho em Equipe"  

A Agência de Inovação Tecnológica da UFPA (Universitec), por meio da Incubadora de Empresas (PIEBT) e da Coordenadoria de Empreendedorismo, ofertará o minicurso “Liderança e Trabalho em Equipe”, no dia 13 de setembro, de 8h às 12h. O evento faz parte da Trilha de Qualificação da Agência, que tem programações até novembro deste ano e busca auxiliar os participantes para desenvolver seus potenciais, melhorando sua postura no mercado, e fomentar o empreendedorismo.

O objetivo do minicurso é apresentar aos alunos, por meio de exposições teóricas e práticas, quais são as dinâmicas de relacionamento que podem ocorrer em um trabalho em grupo, além de buscar entender como o líder pode influenciar nessas dinâmicas.

O minicurso perpassa por questões de diferenças entre os membros da equipe, delegação de tarefas e estabelecimento de prazos, além de analisar as formas de lidar com as divergências e como os valores e crenças interferem na liderança.

A ministrante será Bruna Barbosa, que também ficou à frente dos minicursos “Comunicação e Desenvolvimento Pessoal”, “Marketing Pessoal” e “Formação de Equipes”, ocorridos no mês de agosto. Bruna é administradora, coach, programadora neurolinguísta e consultora de empresas em RH, marketing e planejamento estratégico.

O curso terá 4h de duração e 40 vagas estarão disponíveis para o público geral. A inscrição é efetuada pelo preenchimento do formulário e mediante pagamento do valor de R$10 reais, a ser realizado na secretaria da Universitec. As inscrições estarão abertas até o dia 12 de setembro às 17h.

O Minicurso faz parte do calendário de qualificações da Universitec, com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica do Pará (SECTET/PA), por meio de Convênio para implantação do Modelo CERNE no PIEBT, e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Categorias: Notícias

Infovia em fibra óptica leva internet rápida e mais serviços a Santa Maria do Pará

Sectet - sex, 02/09/2016 - 09:55
02/09/2016

O governador Simão Jatene inaugurou nesta quarta-feira (31), no município de Santa Maria do Pará, nordeste paraense, mais um trecho da infovia em fibra óptica da rede corporativa governamental. A inauguração foi possível graças a uma parceria entre a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodepa) e o Banco do Estado do Pará (Banpará).

A inauguração da infovia, que tem 52 quilômetros, foi marcada com a entrega de um “hotzone”, ponto de livre acesso à internet para a população de Santa Maria do Pará instalado na praça matriz, com capacidade para até 200 conexões. Antes mesmo da chegada do governador Simão Jatene para a cerimônia oficial da entrega da obra, crianças e adolescentes já comemoravam o avanço tecnológico trazido pela fibra óptica ao município.

Entre imagens e textos captados por uma internet veloz, a estudante do segundo ano Naiane Ribeiro ressaltou: “A Internet, hoje, é a nossa principal ferramenta de comunicação. É muito importante que o Governo do Estado proporcione essa qualidade na rede para a população em geral e para nós, estudantes”.

O projeto de expansão das redes de fibra óptica compõe o plano do Governo do Pará de conectar mais municípios do Estado a uma internet confiável e de baixo custo. Com a inauguração do trecho Santa Maria–Castanhal, já são mais de 200 quilômetros de cabos distribuídos em quatro infovias, canais de comunicação que hoje ligam mais de 70  municípios e fazem a infraestrutura por onde circulam, de um ponto a outro do Estado, os dados da rede estadual de comunicação. Com isso, é garantido acesso aos sistemas corporativos eletrônicos do governo, à internet, aos mais diversos conteúdos e, é claro, à informação e ao conhecimento.

Conectividade – “Isso significa você colocar o mundo em contato com nosso Estado e o nosso Estado em contato com o mundo. Todos sabemos que o grande desafio da sociedade moderna é o conhecimento, então esse é o veículo de conhecimento, que se desdobra na área da saúde , transmitindo informações importantes e em tantas outras áreas. Hoje demos um salto de qualidade, e me sinto muito feliz de estar participando do início de um novo patamar para a comunicação do Estado”, destacou Simão Jatene.

Com a conectividade nos órgãos, é possível agilizar o atendimento, ter mais controle dos recursos usados, além de aumentar a segurança na gestão dos dados e dos serviços oferecidos à sociedade. O Banpará, parceiro da Prodepa no projeto, é um dos órgãos que serão beneficiados pela nova infovia, passando assim a oferecer melhores serviços à população. “O cliente vai ser atendido de forma muito mais rápida e eficiente. Vai poder acessar, por exemplo, um aplicativo no smartphone com muito mais rapidez”, disse o presidente do Banpará, Augusto Costa.

O projeto de expansão da rede corporativa governamental continua. “Nossa próxima meta é atender a região do Xingu, em outra parceria, com o consórcio de Belo Monte, englobando mais seis municípios do entorno da hidrelétrica com a fibra óptica. Também vai ser a primeira fibra óptica nesses municípios, assim como em Brasil Novo e Medicilândia, entre outros. Tudo para facilitar o serviço, não só da área pública, mas também da população, principalmente melhorando a telefonia e conseguindo chegar com uma internet melhor”, explicou o presidente da Prodepa, Théo Pires.

Estiveram presentes à entrega simbólica da infovia, junto com o governador, o presidente da Prodepa, Théo Pires; o titular da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), Alex Fiúza; o presidente da Assembléia Legislativa, Marcio Miranda; o chefe da Casa Civil, Jose Megale, e os deputados Sidney Rosa e Celso Sabino.

Texto: Syanne Neno (Ag. Pará de Notícias)

Categorias: Notícias

Páginas