• White/Preto
  • Padrão

Current Style: Padrão

Governo do Estado do Pará

Você está aqui:
Subscrever feed Sectet
Atualizado: 1 hora 59 minutos atrás

Inscrições Abertas

sex, 11/03/2022 - 13:28
11/03/2022

Sectet abre inscrições para segunda turma do curso: “Metodologias Ativas de Aprendizagem”

Estão abertas as inscrições para a segunda turma do curso “Metodologias Ativas de Aprendizagem”, promovido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), por meio da Diretoria de Educação Profissional e Tecnológica, com o objetivo de qualificar profissionais da área da educação acerca das Metodologias Ativas de Aprendizagem com foco na Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) ou Problem Based Learning (PBL). O curso foi elaborado para atender aos profissionais da área de educação de diferentes níveis de ensino, aos alunos dos cursos de licenciatura e a outros profissionais que desejam obter noções sobre os assuntos relacionados ao tema proposto.

O curso é gratuito e será ofertado na modalidade a distância, em Ambiente Virtual de Aprendizagem/Plataforma Moodle, com carga horária total de 48h, flexibilidade e comodidade para que o aluno estude a qualquer hora. O curso é autoinstrucional, sem tutoria e  oferecerá oportunidade de certificação para os que concluírem os créditos. Para aprovação, o aluno deverá obter conceito mínimo de 60% de aproveitamento nas atividades.

Serviço:

Curso a distância em Metodologias Ativas de Aprendizagem

Inscrição: a partir de 11/03/2022

Mais informações no e-mail: coeadsectet@gmail.com, ou pelo telefone (91) 4009-2540.

 

Inscreva-se AQUI.

Categorias: Notícias

I Caravana da Ciência e Tecnologia do Pará entusiasma estudantes

sex, 11/03/2022 - 10:38
11/03/2022

A iniciativa da Sectet oportuniza novos conhecimentos do campo da robótica, impressão 3D e realidade aumentada

A I Caravana de Ciência e Tecnologia do Pará leva conhecimento a crianças e adultos. A ação na Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) Dr. Celso Malcher, em Belém, começou na terça-feira (8), e é uma iniciativa do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA).

Nesta quinta-feira (9), a Caravana de Ciência e Tecnologia recebeu várias visitas de estudantes de Belém. Alunos da Escola Cândido de Vilhena, da Escola Gênios, do Centro Educacional Meu Sonho, da Eetepa Prof. Francisco das Chagas Azevedo e da Fundação Curro Velho tiveram a oportunidade de conhecer de perto práticas e experiências do campo da robótica, impressão 3D e realidade aumentada.

A ideia do evento, explica a Sectet, é percorrer 28 escolas estaduais promovendo conhecimento e descobertas para alunos e as comunidades, em geral. Uma forma de ensinar e aprender, ressalta a coordenação da Sectet. "Sua mente nunca mais será a mesma”, define, com precisão, um dos slogans do projeto.

Como a capacitação dos professores em cada unidade é parte essencial das atividades, a expectativa é de que os experimentos e todo conhecimento ofertado pelo evento inspirem as salas de aula, a partir de então. Segundo a coordenação da I Caravana a intenção é tornar a ciência e a tecnologia partes do processo de educação e do cotidiano dos alunos a partir dessa experiência.

Metodologia - A cada edição, a Caravana contará com experimentos e workshops. Serão 40 experimentos, de lançamento de foguetes à criação de um microscópio caseiro, passando pela exposição de fenômenos da decomposição e a levitação de objetos.

A Feira será realizada paralelamente aos cursos de capacitação, voltados para a comunidade escolar. As aulas abordarão conceitos da atualidade, entre eles, empreendedorismo, vocação profissional e laboratório maker.

Os eventos em cada instituição têm duração de cinco dias. Nesse período, também serão exibidos documentários sobre assuntos relacionados às profissões do século XXI, sistemas agroflorestais e sustentabilidade ambiental. Tudo para proporcionar uma experiência técnico-científica até então inédita em muitas escolas.

SERVIÇO

O evento na Eetepa Dr. Celso Malcher ocorre até sábado (12), de 9h às 17 horas. Os cursos do projeto são voltados a alunos da escola, mas a visitação é dirigida a toda a comunidade. A próxima escola a receber a Caravana será a Eetepa Prof. Anísio Teixeira, entre os dias 28 de março e 1º de abril. 

Categorias: Notícias

Governo promove ação de cidadania para trabalhadoras e frequentadoras do Ver-o-Peso

qui, 10/03/2022 - 13:58
10/03/2022

Para homenagear o Dia Internacional da Mulher, o Governo do Pará realizou nesta terça-feira (08), no Mercado Ver-o-Peso, em Belém, a ação “Mulher - Valorização e Cidadania das Mulheres”, com diversos serviços oferecidos por quatro carretas do Projeto ”TerPaz - Formação Profissional”, coordenado pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) com a parceria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) e da Secretaria de Saúde Pública (Sespa).

A primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho, acompanhou as atividades de cada carreta. Segundo ela, “é muito importante a valorização da mulher. Por isso, a gente trouxe um mix de serviços, como atendimento à saúde, estética, gastronomia e informática, e nada melhor do que estar dentro da feira do Ver-o-Peso, comendo nosso peixe frito, feito pelas nossas boieiras. É com muita satisfação que o governo do Estado se faz presente, através desta ação, porque as pessoas querem isso, querem ser vistas, valorizadas e querem um governo presente, trazendo melhorias e qualidade de vida para a nossa gente”.

 “Nós estamos aqui celebrando tudo isso, com as nossas carretas do TerPaz, em um local tão referencial e tão estratégico, do ponto de vista da cultura do Pará, que é o Ver-o-Peso, que não é apenas uma referência nacional e internacional em termos de turismo e comércio popular, mas também uma referência no sentido da organização popular. As carretas estão aqui, em parceria com os diversos movimentos locais do Ver-o-Peso, e fazendo sua estreia. Um momento muito significativo, não só pelo Dia da Mulher, mas também por essa parceria com as organizações populares de comerciantes e feirantes que atuam aqui no mercado”, destacou o titular da Seac, Ricardo Balestreri.

Para o titular da Sectet, Carlos Maneschy, é representativo que o início dos serviços das carretas tenha sido no Dia da Mulher e no Ver-O-Peso. “É uma data que remete à importância da força e da luta feminina e estamos num dos locais representativos da cultura paraense. A Sectet trouxe para este momento e para este espaço serviços de cuidado com as pessoas e de incentivo à profissionalização”, destacou o secretário.

Em outras regiões - Em breve, os serviços e cursos profissionalizantes irão chegar a outras regiões do estado. “Cada carreta tem a possibilidade de ofertar atividades como essas, de atender diretamente a população, mas também de oferecer cursos profissionalizantes. Este é o principal objetivo do projeto: formar pessoas profissionalmente, tanto nessas quatro carretas que estão aqui, da saúde, da estética, da informática e da gastronomia, quanto nas outras duas, da refrigeração e engenharia civil, que vão circular por toda Belém e em outras cidades do Pará”, informou o diretor do Projeto TerPaz Formação Profissional, Haelton Costa.

A ação contou com os serviços das carretas da Gastronomia, da Estética e da Informática, sob a responsabilidade da Sectet e a carreta da Saúde, sob a coordenação da Sespa. O evento também contou com a participação da Secretaria de Cultura (Secult), que organizou as apresentações culturais que marcaram a manhã.

Saúde - “Hoje, a procura foi bem intensa. Desde cedo, as mulheres estão nos procurando com os seus filhos, e homens também estão participando. Nós divulgamos bastante esse evento, entregamos panfletos, falamos da importância de cuidar da saúde. E a gente trouxe os serviços conforme a demanda da população. Para esta ação, estamos com clínico geral, ginecologistas, dentistas, além de vacinação e triagem com enfermagem. Estamos também com as coordenações da Mulher, Oncológica e de Saúde Bucal, levando a prevenção, escovação e entrega de kits. É uma gama de serviços da saúde que apresentamos com qualidade, mas principalmente com muito amor, que é a marca do governo do Estado”, explicou a coordenadora da Sespa no TerPaz, Alessandra Amaral.

A comerciante Valéria Regina tem um quiosque de comidas no Ver-o-Peso e aproveitou o atendimento de saúde. “Eu estava precisando muito de uma consulta, mas não tinha tempo por estar trabalhando no meu quiosque. Com essa ação aqui no mercado eu consegui, e foi rapidinho. Achei ótimo!”, afirmou.
Já a dona de casa Sérgia Santos estava de passagem e já ficou para a ação. “Eu desci aqui no Ver-o-Peso, vi essa ação e fiquei. Fiz uma consulta médica e estou aguardando um encaminhamento para fazer uns exames. Gostei muito dessa ação”, garantiu.

Culinária - Na carreta da Gastronomia, as boieiras do Ver-o-Peso foram convidadas a preparar alguns pratos regionais. “É muito gratificante pra gente essa oportunidade de divulgar o nosso trabalho, de incentivar as boieiras, que estão todos os dias aqui, na batalha. Isso nos fortalece demais. Eu só tenho a agradecer”, disse a comerciante Aldilene Sarmento.

Autoestima - Elas aproveitaram também o “momento para cuidar da beleza”, como definiu a dona de casa Lindalva de Souza. “Eu já queria mudar o visual, deixar ele mais curto. Fiquei feliz em participar dessa ação aqui no Ver-o-Peso. Vou passar o Dia da Mulher bonita, com novo visual”, disse Lindalva.
A autônoma Josivânia da Silva também aproveitou os serviços da carreta da Estética. “Eu só tenho a agradecer ao governo do Estado por essa iniciativa que está promovendo, hoje, para nós mulheres. Que isso venha se repetir várias vezes. É muito gratificante. Acabei de fazer uma escova e hidratação para ficar ainda mais linda”, declarou Josivânia.

Digital – Na Carreta da Informática as pessoas receberam orientações sobre como utilizar os serviços digitais financeiros, acessar serviços do governo e baixar aplicativos. “Orientamos sobre o cadastro no MEI (Micro Empreendedorismo Individual), como abrir contas correntes e fazer pagamento por pix, por exemplo, sempre mostrando como não cair em golpes digitais”, destacou Paulo Melo, coordenador da Carreta da Informática.

Os interessados nos serviços digitais também receberam informações sobre como baixar o Aplicativo Ver-a-Feira, fazer o cadastro e utilizar as vantagens que o aplicativo oferece a feirantes e clientes.

Texto: Paulo Garcia (Ascom/Seac), com informações da Ascom/Sectet
Fotos: Agência Pará e divulgação

 

Categorias: Notícias

Dia da Mulher

qui, 10/03/2022 - 10:05
10/03/2022

Servidoras da Sectet participam de programações alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Nos dias 8 e 9 de março, as servidoras da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) participaram de uma programação especial alusiva ao Dia Internacional da Mulher, que contou com palestras, sorteio de brindes e o lançamento dos Editais Startup Pará Mulher e Inova TerPaz.

No primeiro dia da ação, realizada na Casa da Linguagem, a mesa de abertura foi composta pelo titular da Sectet, Carlos Maneschy, e pela secretária adjunta, Edilza Fontes. O secretário Maneschy iniciou fazendo uma reflexão sobre a desigualdade de gênero e afirmou que “ainda precisamos avançar muito mais, na secretaria vamos continuar os esforços para as mulheres paraenses ocuparem o espaço que precisam ter”, pontuou.

O grande destaque do evento ficou por conta do lançamento das duas chamadas do programa StartUP Pará, o StartUp Pará Mulher, dedicado a apoiar ideias inovadoras gerenciadas por mulheres, e o Inova TerPaz, que visa qualificar iniciativas que possam colaborar com o desenvolvimento socioeconômico nos Territórios da Paz.

Ao público do evento, majoritariamente feminino, Edilza compartilhou partes de sua trajetória e pontuou a relevância do feminismo. “É importante que as mulheres tenham espaço para construir uma trajetória da qual podem se orgulhar, assim como eu tive oportunidade de construir a minha, ao ponto de colocar ‘professora’ na frente do meu nome”, afirmou.

Logo após, ocorreu a palestra sobre patologias em mulheres, apresentada pela médica otorrinolaringologista Lorena Rodrigues. Em seguida, a empreendedora Flavia Raiol falou sobre os desafios e oportunidades ao empreender. No final, foram sorteados brindes entre as mulheres presentes e servido um brunch para as convidadas.

       

A programação continuou na manhã do dia seguinte no espaço do refeitório da Sectet, onde foram ofertados os serviços de limpeza de pele, maquiagem, design de sobrancelhas e orientações em nutricosméticos. Além disso, uma profissional de educação física visitou os setores da Secretaria com atividades de ginástica laboral.

Texto: Renan Pinheiro (estagiário da Ascom/Sectet)

Fotos: Ascom e Cgepes/Sectet

Categorias: Notícias

Lançamento de foguetes, robótica e muito mais fazem parte da I Caravana da Ciência e Tecnologia

qua, 09/03/2022 - 13:15
09/03/2022

Equipamentos, pessoas e ferramentas irão percorrer o estado levando conhecimento e descobertas mudando, assim,  a forma de ensinar e aprender nas Escolas de Ensino técnico do Estado do Pará (Eetepas). Essa é a Caravana da Ciência e Tecnologia, iniciativa do Governo do Estado em parceria com a UFPA.  Impressoras 3D, robótica, realidade aumentada e muita ciência irão proporcionar uma experiência única entre os alunos. "Sua mente nunca mais será a mesma”, define, com precisão, um dos slogans utilizados pelo projeto.

“Assim como tantos outros projetos já realizados pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), a Caravana da Ciência e Tecnologia é mais uma porta com oportunidades que se estendem, inclusive, a um dos momentos mais importantes da formação cidadã e profissional de uma pessoa, que é o Ensino Médio”, ressalta o titular da Sectet, professor Carlos Maneschy.

O projeto percorrerá 28 escolas. Como a capacitação dos professores em cada unidade é parte essencial das atividades, a expectativa é de que os experimentos e todo conhecimento ofertado pelo evento inspirem as salas de aula mesmo depois que a Caravana seguir para o próximo destino. A intenção é tornar a ciência e a tecnologia parte do processo de educação e, por que não, do cotidiano dos alunos a partir dessa experiência.

A primeira instituição a receber a Caravana da Ciência e Tecnologia é a Eetepa Dr. Celso Malcher, no bairro da Terra Firme, em Belém. As atividades foram abertas à comunidade, nesta terça-feira (8), ocorrendo  durante todo o dia, das 9h às 17h,  contando com uma equipe de 15 pessoas entre técnicos e profissionais da educação.

“Uma iniciativa brilhante do Governo do Estado, via Sectet, que vem ao encontro das nossas necessidades. Envolver a comunidade escolar em oficinas voltadas para tantos assuntos importantes, inclusive o empreendedorismo, mostra a preocupação da Sectet em multiplicar saberes que darão uma nova visão para quem está na sala de aula ou já faz parte do mercado de trabalho”, destacou Andrey Rabelo de Oliveira, coordenador de integração escola-empresa-comunidade da Eetepa Dr. Celso Malcher.

Metodologia - A cada edição, a Caravana contará com experimentos e workshops. Serão 40 experimentos que irão de lançamento de foguetes à criação de um microscópio caseiro, passando pela exposição de fenômenos da decomposição e a levitação de objetos. A Feira será realizada paralelamente aos cursos de capacitação, voltados para a comunidade escolar, pais de alunos e moradores do entorno da Escola Dr. Celso Malcher. As aulas abordarão conceitos da atualidade, entre eles, empreendedorismo, vocação profissional e laboratório maker.

Os eventos em cada instituição terão duração de cinco dias. Nesse período, também serão exibidos documentários sobre assuntos relacionados às profissões do século XXI, sistemas agroflorestais e sustentabilidade ambiental. A ideia é proporcionar uma experiência técnico-científica até então inédita em muitas escolas.

A Caravana é também um projeto de extensão coordenado pelo professor da Universidade Federal do Pará, Yuri Santiago,  que está concluindo o PHD em Gestão da Informação. “O evento vai durar cinco dias para a comunidade, mas nossa intenção é que todo o conhecimento adquirido por alunos e professores siga adiante como parte integrante do processo de ensino e aprendizagem; a comunidade também vai sentir os efeitos dessa transformação,  pois quando a educação é fortalecida, todos ganham”, considerou o professor Yuri Santiago.

Laboratório Maker - Uma das atividades mais esperadas dentro da Caravana da Ciência e Tecnologia é o Laboratório Maker, que oferece aos estudantes a chance de se conectar, por meio da tecnologia, com um moderno e inclusivo processo de ensino-aprendizagem que tem ganhado cada vez mais espaço em salas de aula de todo o mundo: o movimento maker.

Originário do inglês, o termo maker significa ‘fazer’, o que deixa, de antemão, clara a necessidade de que, para aprender, o aluno precisa ‘colocar a mão na massa’. O modelo já é adotado por vários países do mundo e coloca o aluno como protagonista do processo de ensino-aprendizagem, assimilando os conteúdos de forma ativa e alcançando muito mais resultados.

As atividades programadas no Laboratório Maker da Caravana da Ciência e Tecnologia irão oferecer oficinas e aulas práticas de robótica, modelagem 3D, montagem, conceitos de mecânica, mecatrônica e realidade virtual. Conhecimento que aumenta a capacidade de solução de problemas, pensamento crítico, comunicação e afinidade entre uma geração que se prepara, exatamente, para viver os desafios do futuro.

Serviço: As atividades na Eetepa Dr. Celso Malcher ocorrem de 8 a 12 de março, de 9h às 17h. Os cursos do projeto são voltados a alunos da escola, mas a visitação é voltada a toda a comunidade do entorno.

Texto: Equipe Caravana de Ciência e Tecnologia com colaboração da Ascom/Sectet

Categorias: Notícias

Forma Pará realiza aula inaugural em Goianésia

qua, 09/03/2022 - 12:27
07/03/2022

O mês de março é conhecido pela comemoração do Dia Internacional das Mulheres e perceber que a turma que iniciará o primeiro curso de Enfermagem, ofertado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) em parceria com o Forma Pará, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), no município de Goianésia do Pará, é formada majoritariamente pelo gênero feminino é a reafirmação dos espaços conquistados pelas mulheres dentro do âmbito acadêmico. A aula inaugural do curso, realizada na última sexta-feira, 4, no auditório da Escola Estadual Anunciada Chaves, foi um momento  emocionante para os familiares que estiveram junto com os alunos para acolher e receber os discentes aprovados na seleção do curso.

A discente Jocicléia de Moura, que irá fazer o curso de Enfermagem, acompanhada do seu filho, um bebê de colo, estava muito empolgada para o início das aulas para poder começar a dar os primeiros passos em direção ao sonho de conquistar uma formação universitária. “Hoje estou muito feliz de iniciar o processo de conclusão do meu curso e por causa disso trouxe a minha filha para que ela possa guardar dentro dela as lutas da sua mãe e possa no futuro valorizar os estudos junto comigo”, ponderou.

A mesa de abertura da aula contou com a participação do secretário titular da Sectet Carlos Maneschy, a vice-reitora da Uepa, Ilma Pastana, a vice-diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Simone Beverly, o coordenador adjunto do curso de enfermagem pelo Forma Pará, Junior Veloso, o prefeito de Goianésia, Leonardo Menezes, o secretário municipal de educação de Goianésia, Lindomar Pereira e a representante do Polo Educativo de Goianésia, Cristina Lima.

Carlos Maneschy falou sobre o valor que o Programa Forma Pará agrega para o desenvolvimento do território paraense. “É com enorme felicidade que recebemos os discentes que irão fazer o curso de Enfermagem ofertado pela parceria com a Uepa. A cada turma que nós iniciamos é mais um objetivo atingido por meio da formação educacional de nível superior de mais um cidadão que poderá atuar dentro da sua cidade de origem após a conclusão do curso, além de mais uma família orgulhosa e feliz em poder colocar seu filho ou filha dentro do ensino universitário, algo que antigamente estava distante da realidade do município de Goianésia”, afirmou.

Para a vice-reitora da Uepa, Ilma Pastana, a parceria junto a Sectet para efetivação do Forma Pará é parte da missão institucional que a Uepa carrega na sua essência no que tange o objetivo de ofertar educação superior para pessoas que não têm acesso fácil à Universidade. “É muito importante que a Universidade possa ir para o maior número de municípios possíveis do nosso Estado para ofertar educação de nível superior para pessoas que não poderiam acessar esse conhecimento especializado sem sair de suas cidades e nós sabemos a dificuldade que isso acarreta, portanto, é de grande valor para nós como instituição pública estar presente no Programa Forma Pará e poder se aproximar desses alunos que irão cursar enfermagem aqui na cidade de Goianésia. É com grande orgulho que a Uepa os recebe”, disse.

A programação contou a participação de 45 discentes que estão matriculados na turma do curso Enfermagem, aprovada pelo processo seletivo especial da chamada 2021 do Programa Forma Pará e além da aula inaugural, também, realizaram a cerimônia do jaleco. Para a discente Wildelana Ferreira, primeira mulher da sua família a entrar na Universidade, a expectativa para o início das aulas é grande, pois até então muitas pessoas iam fazer cursos universitários em outras cidades próximas e hoje os moradores de Goianésia podem ter essa oportunidade na sua própria cidade. “Minha expectativa com o curso de Enfermagem é das melhores, pois através do Forma Pará junto com a Uepa estão proporcionando um curso que não tinha em Goianésia e eu sempre quis fazer, mas não tinha condições de ir para outra cidade, portanto, tenho certeza que ao terminar o curso irei atuar aqui em Goianésia como forma de dar um retorno para moradores da minha  cidade do investimento feito em mim”, comentou.

Por Daniel Leite Júnior (Uepa)

Categorias: Notícias

Governo do Estado amplia público do Programa StartUP Pará com a publicação de novos editais

ter, 08/03/2022 - 16:24
08/03/2022

Nesta terça (08), durante programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher realizada na Casa da Linguagem, em Belém, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) lançou mais duas chamadas do programa StartUP Pará, uma dedicada às mulheres e outra ao público do TerPaz.

Além de capacitação técnica, os chamamentos ofertam investimento financeiro, que não precisa ser reembolsado, para o fortalecimento de ideias e negócios inovadores no estado do Pará.

Em saudação à secretária adjunta da Sectet, professora Edilza Fontes, o titular da pasta, Carlos Maneschy, fez uma reflexão sobre a desigualdade de gênero e afirmou que “ainda precisamos avançar muito mais, na secretaria vamos continuar os esforços para as mulheres paraenses ocuparem o espaço que precisam ter”, pontuou Maneschy.

Ao público do evento, majoritariamente feminino, Edilza compartilhou partes de sua trajetória e pontuou a relevância do feminismo. “É importante que as mulheres tenham espaço para construir uma trajetória da qual podem se orgulhar, assim como eu tive oportunidade de construir a minha, ao ponto de colocar ‘professora’ na frente do meu nome”, afirmou.

“Vivemos num mundo com relações de poder que nos colocam em situação de risco, é um absurdo o Brasil ser um dos países com os maiores índices de violência doméstica. As mulheres precisam definir limites em todas as suas relações — entre companheiros, filhos e colegas de trabalho — e as políticas públicas têm um papel essencial para este apoio”, finalizou a secretária adjunta.

O StartUP Pará Mulher — edital 008/2022 — vai ofertar qualificação para até 20 ideias de negócios, das quais até 15 poderão receber apoio financeiro de até R$ 80 mil. Os setores alvo da chamada são bioeconomia, biotecnologia, educação, turismo, tecnologia da informação e economia criativa — com recorte para as áreas de artesanato, cinema e vídeo, arte digital, arquitetura, cultura alimentar/gastronomia, design de moda e estética.

O InovaTerPaz — chamada 003/2022 — busca qualificar até 140 iniciativas de impacto socioambiental que colaborem ou possam colaborar com o desenvolvimento socioeconômico nos Territórios da Paz (Cabanagem, Benguí, Terra Firme, Guamá, Jurunas, Icuí/Ananindeua, Nova União/São Francisco/Marituba). As propostas aprovadas na fase final podem receber até R$ 20 mil em recursos que não precisam ser reembolsados.

Podem participar propostas que englobam temas como economia criativa (cultura, turismo e gastronomia); energia; recursos hídricos; infraestrutura logística; agricultura e alimentos; biodiversidade e biotecnologia; tecnologias de informação e comunicação; meio ambiente; saúde; educação e segurança pública.

A iniciativa é coordenada pela Sectet, pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e pela Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), com apoio técnico da Fundação Guamá.

Os editais estão disponíveis na aba de editais do site da Sectet e na plataforma do programa: www.startuppara.com.br.

Texto: Juliane Frazão (Ascom/PCTGuamá)

Fotos: Priscila Castro (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Edital 02/2022

ter, 08/03/2022 - 14:56
08/03/2022

Divulgado o resultado preliminar do edital 02/2022

Já está disponível, na área de "Editais" deste site, juntamente com a lista de inscritos, o resultado preliminar do edital de credenciamento de profissionais especializados para atuarem nas funções de instrutoria, coordenação e apoio às atividades administrativas para atendimento às demandas do programa Pará Profissional, sem geração de vínculo empregatício com o estado do Pará.

Categorias: Notícias

Estado lança nova Chamada do ‘Forma Pará’, levando o ensino superior aos 144 municípios

ter, 08/03/2022 - 09:30
08/03/2022

A universalização da formação superior integra uma política de Estado inclusiva e de qualificação profissional

Com oferta de cursos presenciais de nível superior e especializações para todas as áreas do conhecimento nos 144 municípios, o Programa Forma Pará chega à terceira chamada, para o ano de 2022, com um investimento de R$ 45 milhões em recursos do Tesouro Estadual, tornando-se a maior iniciativa de expansão do ensino superior do Brasil. Em evento realizado nesta segunda-feira (07), no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, em Belém, o governador Helder Barbalho anunciou oficialmente a universalização do programa estadual, diante de alunos, professores, reitores, prefeitos, deputados e outras autoridades.

Criado como estratégia para garantir o acesso à educação superior no Estado, por meio de parcerias entre governo, Instituições de Ensino Superior (IES) e prefeituras, os cursos do “Forma Pará” são demandados pelos municípios à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) e executados pelas instituições parceiras.

O governador Helder Barbalho reforçou que a Chamada 2022 é um marco histórico, motivo de orgulho para quem mora em um Estado onde todos os municípios ofertam ensino superior diverso, presencial, fruto de parcerias com IES públicas e privadas, e com custeio do governo. O vestibular para os cursos deve ser realizado em junho, e o início das aulas é previsto para setembro deste ano.

"Independentemente das distâncias e regiões onde se vive, todos os paraenses têm o direito a sonhar com o ensino superior. Instalar uma IES em Marabá, Parauapebas ou Redenção não significa a garantia de um ensino superior presente. Tem que estar em todos os 144, para que todos tenham suas turmas, suas formações de talentos. Temos buscado debater, ouvir sobre qual curso interessa a cada município, cada região, e dali partimos para a implementação", detalhou o chefe do Executivo.

Helder Barbalho disse ainda que o fato de o “Forma Pará” ter sido transformado, por lei, em programa estadual, garante início, continuidade e constante aprimoramento do instrumento.

"É a garantia de que não há mais como retroceder. A escolha pela educação é legado que deve ficar para formação das gerações. Não é correto, por exemplo, um jovem do Marajó optar entre o sonho profissional e o convívio da família. Agora, onde quer que ele esteja, poderá ter sua formação", reiterou o governador.

Especializações – No evento também foi assinado o Protocolo de Intenções para credenciamento das IES que queiram se habilitar à oferta de cursos de especialização. A novidade para a chamada 2023. As instituições poderão se credenciar em cerca de 40 opções de temas estratégicos para especialização no Estado, abrangendo diferentes áreas do conhecimento e vários públicos, como mulheres, quilombolas e indígenas. A ideia é qualificar profissionais para atender às necessidades locais, contribuindo para o desenvolvimento regional.

Estão aptas a serem atendidas, conforme credenciamento, as regiões do Baixo Amazonas, Marajó, Metropolitana de Belém, Nordeste, Sudeste e Sudoeste. Assim, será possível beneficiar profissionais de uma determinada região, considerando a modalidade de ensino semipresencial. Após finalizar o credenciamento das IES, a equipe técnica do “Forma Pará” estudará as propostas para definição das especializações e localidades a serem atendidas.

Recurso qualificado - O titular da Sectet, Carlos Maneschy, corrobora que o avanço do “Forma Pará” tem um significado estratégico para o desenvolvimento do Estado. "Não dá para mudar a base econômica sem recursos humanos qualificados, e isso é a largueza de visão do governador, que compreendeu a importância desse movimento", frisou o secretário, acrescentando que "em função desse compromisso o Pará é um lugar de muito mais oportunidades. Estamos celebrando um momento singular".

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) continua sendo a maior parceira do “Forma Pará”, ofertando o maior número de vagas do total disponibilizado na Chamada 2022 do programa. "Vemos com muita satisfação essa política tão importante, que leva o ensino superior para todos os cantos do Estado. A educação superior transforma, para um melhor acesso a emprego, renda, a uma vida mais digna. Muito importante saber que podemos contribuir com esse projeto de transformar realidades", ressaltou o reitor da instituição, professor Clay Chagas.

O “Forma Pará” foi instituído pela Lei 9.324/21, como programa de Estado. Dessa forma, tem garantida sua continuidade nas próximas gestões, que terão de manter o investimento na ampliação do número de vagas de educação superior. A publicação da lei ainda permite que o programa oferte, agora, cursos em nível de pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado).

“Realizar sonhos” - Para a prefeita Iara Braga, de Eldorado do Carajás, no sudeste paraense, o sentimento ao assinar novamente a adesão ao “Forma Pará” é de gratidão. "Estava vindo para Belém participar da solenidade, e recebi um áudio de uma moça que nasceu e cresceu em Eldorado do Carajás. Ia sair para fazer faculdade em outro município, mas não precisou mais porque entrou no programa. Poder estudar onde se nasce e cresce é algo inexplicável. E fico muito feliz, porque realizar sonhos é o papel do gestor", garantiu a prefeita.

Paulo Carvalho, prefeito de Faro, município do Baixo Amazonas, destacou a importância desse tipo de inclusão. "Todo tipo de ensino é importante para nossa população, que é muito carente. Com essa adesão, estamos dando continuidade à formação de nível superior. Muitos não seguem em frente por falta de oportunidade, de condições de sair para outro município. Essa oportunidade que o governo cria agora contribui demais", afirmou o prefeito.

Texto: Carol Menezes (Secom)

Fotos: Agência Pará

Categorias: Notícias

Edital 07/2022

sex, 04/03/2022 - 18:57
04/03/2022

Horário e link para entrevistas serão divulgados na terça-feira (8)

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) informa que os horários e links das entrevistas, que serão on line, relativas ao edital 07/2022 estarão disponíveis neste site na próxima terça-feira (8). A lista dos candidatos selecionados para a fase de entrevista já está disponível na área de editais.

https://www.sectet.pa.gov.br/audiovisual/basic-page/editais

 

Categorias: Notícias

Editais 06 e 07/22

sex, 04/03/2022 - 18:45
04/03/2022

Editais tiveram cronogramas alterados

Informamos que, de acordo com publicação em Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (4), os editais 06/2022 e 07/2022 tiveram seus cronogramas alterados.

Você pode ter acesso aos novos cronogramas na nossa área de editais:

https://www.sectet.pa.gov.br/audiovisual/basic-page/editais

Categorias: Notícias

Forma Pará oferta 810 novas vagas em 17 municípios

qui, 03/03/2022 - 15:46
03/03/2022

O Forma Pará iniciou, nesta quinta-feira (3), as inscrições para o processo seletivo especial que irá preencher 810 vagas de cursos de nível superior em 17 municípios do estado. Programa do governo estadual, coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), o Forma Pará conta com a parceria das prefeituras municipais e das Instituições de Ensino Superior (IES) para ser realizado.

Os editais publicados ainda na segunda (28), dizem respeito aos cursos que serão executados pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). Para ter acesso aos documentos completos e se inscreverem para realização da prova, os interessados devem acessar o site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), organizadora do processo.

As inscrições poder ser feitas até o dia 15 de março. A taxa de inscrição é de R$ 20,00 em qualquer um dos processos.  Alunos de escola pública pertencentes ao CadÚnico podem fazer a solicitação de isenção da taxa de inscrição até o dia 7 de março, mesmo período em que devem ser feitos os pedidos de atendimento especial.

Ufra

Por meio da Ufra, serão ofertadas 500 vagas nos seguintes cursos e municípios, sendo turmas de 50 alunos cada: Agronomia em Jacundá, Baião, Augusto Correa, Igarapé Açu, Xinguara, Limoeiro do Ajuru e Santana do Araguaia; Engenharia Florestal em Pacajá; Zootecnia em Vitória do Xingu; e Medicina Veterinária em Portel.

Unifesspa e Ufopa

Pela Unifesspa, a chamada 2022 do Forma Pará oferta 210 vagas nestes cursos e municípios: Arquitetura  e Urbanismo em Redenção e Canaã dos Carajás (40 vagas); Geologia em Rondon do Pará (40 vagas); Medicina Veterinária em São Félix do Xingu (40 vagas); e Pedagogia em Tucuruí (50 vagas). Já pela Ufopa serão 100 vagas com 50 alunos em cada turma do curso de Direito, em Alenquer, e Licenciatura em História, em Óbidos.

Próximos editais
Em breve, a Fadesp divulga também os editais dos para preenchimento das vagas dos cursos a serem ofertados por meio da Universidade do Estado do Pará (Uepa) e do Instituto Federal do Pará (IFPA). De acordo com o cronograma publicado nos editais, a prova irá ocorrer no dia 10 de abril. No próximo dia 7 de março, o governo do Pará lança a chamada 2023 do programa que será ampliado para os 144 municípios paraenses.

Serviço
Os editais estão disponíveis AQUI.

Categorias: Notícias

Edital 01/2021 - Termo de anulação

sex, 25/02/2022 - 12:52
25/02/2022

Veja o termo que anula o Processo Seletivo Simplificado nº 001/2021 e Processo nº 2021/426570.

TERMO DE ANULAÇÃO

Categorias: Notícias

Coleta Seletiva

qui, 24/02/2022 - 15:06
24/02/2022

Eetepa Francisco Silva Nunes inicia projeto “Lixo Zero”

Na última quarta-feira (24), a Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) Prof. Francisco Silva Nunes, localizada no bairro da Marambaia, em Belém, iniciou o projeto “Lixo Zero”, que consiste em uma série de ações de coleta seletiva, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), com a Secretaria de Educação (Seduc) e com a Associação  de Catadores da Coleta Seletiva em Belém (ACCSB).

No primeiro dia da ação, foi recolhida mais de meia tonelada de resíduos sólidos, os quais tiveram a destinação adequada, além de auxiliar na renda e no trabalho dos colaboradores da cooperativa.

   

A coordenadora do curso técnico em Meio Ambiente, Taiana Ribeiro, está à frente do projeto com os alunos e a direção da escola e destaca a importância das ações para a comunidade. “Além de ajudar na renda das pessoas da cooperativa, é muito importante divulgar para que as outras escolas se sintam incentivadas  a iniciar o projeto”, pontuou.

Texto: Roberta Cartágenes (estagiária de jornalismo da Coordenação de Ensino Técnico e Tecnológico da Sectet)

Categorias: Notícias

StartUP Pará lança novo edital com aporte de R$ 3 milhões

qua, 23/02/2022 - 12:27
23/02/2022

A chamada visa ao fomento de empresas das áreas de Bioindústria, Tecnologia Educacional e Agroindústria Alimentar

Um novo edital do programa StartUP Pará foi lançado na tarde desta terça (22), no auditório do Senai Belém. Com foco em empresas dos setores de bioindústria, tecnologia educacional e agroindústria alimentar, a chamada disponibiliza recursos de subvenção econômica (que não precisam ser reembolsados) para o desenvolvimento de projetos de alto risco tecnológico.

A mesa de abertura contou com a presença dos titulares da Sectet, Carlos Maneschy; da Fapespa, Marcel Botelho; de representantes do Senai e da Faepa; de startups participantes da primeira edição do programa; e de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), como a Fundação Guamá e o Centro de Valorização de Compostos Bioativos da Amazônia (CVCBA/UFPA).

Em seu discurso, o titular da Sectet, Carlos Maneschy, pontuou os avanços do programa. "Estamos abrindo um leque de oportunidades para que o ambiente de inovação possa ser favorável aqui no Estado. Com essa edição, o StartUP Pará direciona mais de R$ 15 milhões para o desenvolvimento da ciência e tecnologia, contribuindo para uma mudança concreta em relação à base produtiva do Estado", afirmou o secretário.

"Ainda vamos lançar novos editais direcionados a ambientes de inovação, às mulheres e aos territórios com indicadores de violência mais dramáticos. Queremos que essa experiência sirva de exemplo e tenha um efeito multiplicador para que prefeituras também possam incorporar iniciativas como essas", complementou Maneschy.

O StartUP Pará é uma iniciativa do governo estadual por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), com apoio técnico da Fundação Guamá.

4ª chamada

Na área de Bioindústria, o edital foca em atividades ligadas a bioconversão com fins alimentares, farmacêuticos, energéticos e outros. Em tecnologia educacional, são priorizados software ou hardware para apoio ao processo de ensino e aprendizagem.

Na indústria alimentar, a chamada busca estimular a inovação em atividades industriais de beneficiamento, processamento ou de transformação de produtos originados da agropecuária (agricultura, piscicultura e pecuária).

Empresas paraenses, com fins lucrativos, que desenvolvam atividades de produção ou circulação de bens ou serviços dentro do escopo das áreas temáticas do edital estão aptas a participar, desde que o CNPJ tenha registro máximo de dez anos. 

Para esta chamada, não são elegíveis personalidades jurídicas sem fins lucrativos (associação, fundação, cooperativa); Empresário Individual (EI); e Microempreendedor Individual (MEI).

O edital utiliza o Nível de Maturidade Tecnológica (TRL), método desenvolvido pela Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (Nasa), para a escolha das propostas. Os recursos são voltados para projetos que se enquadrem entre os TRLs 4 a 8: validação dos componentes em ambiente de laboratório; validação das funções críticas em ambiente relevante; demonstração de funções críticas do protótipo em ambiente relevante; demonstração de protótipo do sistema em ambiente operacional; ou sistema qualificado e finalizado.

Investimento

O valor global da chamada é de R$ 3 milhões e as propostas selecionadas podem receber valores máximos de acordo com dois portes previstos no edital. Negócios que faturaram até R$ 4,8 milhões em 2020 podem acessar até R$ 150 mil em subvenção econômica, enquanto quem faturou até R$ 300 milhões consegue acessar até R$ 300 mil.

As propostas submetidas devem prever aporte de contrapartida financeira ou não financeira de, no mínimo, 20% do valor do projeto.

O prazo de inscrições fica aberto até o dia 28 de março de 2022, por meio da plataforma do StartUP Pará

Texto e fotos: Juliane Frazão (Ascom/PCTGuamá)

 

Categorias: Notícias

Edital 002-2022

qua, 23/02/2022 - 11:20
23/02/2022

Prazos são prorrogados devido ao grande volume de inscrições

 

A Comissão Avaliadora do Edital 02/2022 prorroga os prazos de divulgação dos resultados preliminar e definitivo em virtude do grande volume de inscrições recebidas que inviabilizou as análises da documentação dos candidatos no tempo previsto inicialmente. Segue o novo cronograma:

3 – ETAPAS DO CREDENCIAMENTO

3.1.2 – Fase 2  - Análise de Documentação e avaliação curricular - 17 de fevereiro de 2022 a 7 de março de 2022

3.1.3 – Resultado preliminar da fase 2 - 08 de março de 2022

3.1.4 – Interposição de recursos - 9 de março de 2022

3.1.5 – Divulgação e homologação do resultado definitivo da fase 2  -15 de março de 2022

 

Veja a publicação no Diário Oficial do Estado AQUI.

Categorias: Notícias

Inscrições

ter, 22/02/2022 - 13:48
22/02/2022

Sectet credencia professores, instrutores e profissionais para área administrativa

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) abre inscrições, a partir de 0h desta quarta-feira (23), para o credenciamento de 948 profissionais por meio de processo seletivo simplificado que contrata, por tempo determinado, para exercer as funções de professor, instrutor e atuar na área administrativa das ofertas dos cursos de formação inicial e continuada (FIC) e de formação técnica do Mediotec, que fazem parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nas escolas da rede de ensino técnico do estado do Pará, sob a gestão da Sectet.

Para todas as funções, as inscrições podem ser feitas por link disponibilizado no site da Secretaria. São reservadas 5% do total das vagas para pessoas com deficiência. Os convocados assinarão Termo de Compromisso de Bolsa que terá duração de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

Professores e Instrutores

São ofertadas 899 vagas para as funções de professor e instrutor. No caso dos professores, são  vagas em 17 municípios localizados em sete regiões de integração: Guajará, Baixo Tocantins, Guamá, Tapajós, Baixo Amazonas, Rio Capim e Marajó. Para os instrutores, as vagas são em 13 municípios nas mesmas regiões, exceto Marajó.

As inscrições para ambas as funções podem ser realizadas até o dia 2 de março. A seleção obedecerá três fases. A primeira é a de inscrição e análise curricular. A segunda é a análise documental. A terceira já é a convocação dos candidatos classificados para celebrar termo de concessão de bolsa pelo prazo determinado, obedecida a ordem classificatória.

No caso do candidato que concorre a uma das vagas de professor, ele deve ser licenciado pleno, bacharel ou tecnólogo - em relação aos últimos, com certificação de competências docentes ou reconhecimento de notório saber nos termos da Lei n° 9.394/96, Resolução CNE/CP nº 01/2021 e da Resolução CEE/PA nº 251/2021. Os concorrentes à função de instrutor devem ter o nível médio, com o mínimo de dois anos de experiência na área do saber operativo.

O resultado preliminar dessa seleção será divulgado no dia 3 de março. Os candidatos podem interpor recurso, se necessário, no dia 4 de março. O resultado definitivo está previsto para o dia 9 de março. Já no dia seguinte, 10, os aprovados serão convocados para a celebração do termo de concessão de bolsa.

Área administrativa

Para os profissionais que pretendem atuar na área administrativa, são ofertadas 49 vagas distribuídas em 15 municípios. As inscrições devem ser feitas até o dia 25 de fevereiro. A seleção também terá três fases. A primeira será a de inscrição, de caráter habilitatório. Já a segunda é a fase de entrevista e análise documental, de caráter eliminatório. A terceira consta de outorga de bolsa com a assinatura do termo de concessão.

A divulgação da lista de inscritos será divulgada no dia 1 de março. No dia 3, será feito agendamento e convocação para a entrevista. No dia 11 de março, será divulgado o resultado preliminar. Os candidatos têm o dia 14 de março para interpor recurso caso seja necessário. O resultado definitivo será divulgado no dia 17. No dia 18 de março, os aprovados serão convocados e, a partir do dia 21, será realizada a assinatura dos termos conforme a demanda da Sectet.

Serviço: As inscrições serão realizadas por meio de links disponíveis no site da Sectet. Os editais completos estão disponíveis na área “Editais” da página.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

 

 

Categorias: Notícias

Forma Pará: inscrições para vagas remanescentes começam nesta terça-feira (22)

seg, 21/02/2022 - 16:19
21/02/2022

Os moradores de nove municípios paraenses terão uma nova oportunidade de ingressarem no ensino superior gratuito por meio do Forma Pará. Nesta terça-feira (22), abrem as inscrições para o processo seletivo especial que visa ao preenchimento de 206 vagas remanescentes da chamada 2021 do programa.

O Forma Pará é uma ação do Governo do Estado, coordenada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet). O intuito é aumentar a oferta de cursos superiores, unindo esforço do governo estadual com as Instituições Ensino Superior (IES) presentes no estado e com as prefeituras municipais.

Os interessados devem se inscrever até o dia 10 de março de 2022, pelo site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), organizadora do processo. Elas dizem respeito a cursos que serão executados pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e Instituto Federal do Pará (IFPA).

A seleção será realizada com base no desempenho escolar dos candidatos aferido pelas notas/conceitos do ensino médio ou ensino equivalente, das disciplinas de Português e Matemática obtidas no 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. Como nos demais processos seletivos do Forma Pará, será atribuído um bônus de 10% sobre a pontuação final, ao candidato que preencher os seguintes requisitos não cumulativos: que cursou pelo menos um dos anos do ensino médio, ou estejam cursando o último ano desse nível de ensino, no município/distrito em que o curso será ofertado; ou  que resida no município/distrito no qual o curso será ofertado há pelo menos 1 (um) ano, a contar da data de publicação do edital.

Os cursos e municípios para os quais as vagas serão ofertadas novamente são: Matemática, sendo 27 vagas em Cumaru do Norte, e 15 vagas em Santa Maria das Barreiras; Geologia, 15 vagas em Ourilândia do Norte; e Engenharia da Computação, 13 vagas em Nova Ipixuna, todos esses pela Unifesspa. Já pela Ufra, são 21 vagas para o curso de Bacharel em Sistema de Informação em Icoaraci (Belém) e oito vagas para Licenciatura em Letra – Língua Portuguesa em Santa Cruz do Arari. E pelo IFPA, são 30 vagas no curso de Engenharia de Pesca em Bonito; 19 vagas em Engenharia de Alimentos em Santa Maria do Pará; 29 vagas em Tecnologia em Gestão Ambiental em Icoaraci (Belém) e 29 vagas em Tecnologia em Agroecologia em Bom Jesus do Tocantins.

A taxa de inscrição é R$ 80,00. Sendo que o candidato pode pedir isenção até o dia 28 de fevereiro. O resultado preliminar do processo seletivo está previsto para o dia 22 de março. Após interposição e análise de recursos, o resultado definitivo deve sair no dia 1 de abril de 2022.

Os editais para inscrições na chamada 2022 do Forma Pará estão previstos para o mês de março e a prova deve ocorrer no início de abril. Já a chamada 2023, será lançada pelo Governo do Pará em cerimônia que será realizada no dia 7 de março, na Estação das Docas, quando serão divulgados os novos municípios que receberão o Programa.

Serviço: O edital completo está disponível no site da Fadesp.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)

Categorias: Notícias

Reencontro com a escola

sex, 18/02/2022 - 12:40
18/02/2022

Pagamentos do programa “Reencontro com a Escola” terminam nesta sexta-feira (18)

Incentivo do Executivo Estadual já beneficiou mais de 350 mil estudantes em todo o Pará. Último dia de repasse é destinado aos nascidos entre os dias 21 a 31 de dezembro

Criado pelo Governo do Estado para estimular o retorno presencial dos alunos aos espaços de aprendizagem, combater a evasão escolar e incentivar novas matrículas para o ano letivo de 2022, o Programa “Reencontro com a Escola” encerra seu cronograma de pagamentos nesta sexta-feira (18). O último dia de repasse é destinado aos nascidos entre os dias 21 a 31 de dezembro.

O benefício está sendo pago nas agências do Banco do Estado do Pará (Banpará), em parcela única e, desde o início, a imunização contra a Covid-19 tem sido uma das condicionantes para ter acesso ao recurso. De acordo com o último balanço, 350.844 alunos, pais ou responsáveis já foram até a instituição financeira para sacar o auxílio escolar, o que representa mais de R$ 74 milhões distribuídos.

O incentivo foi destinado para mais de 595 mil estudantes matriculados na Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), em todo o Pará. No total, foram investidos neste benefício R$ 108 milhões com recursos provenientes do Tesouro Estadual.

Para 121 mil alunos concluintes do Ensino Médio (3ª série), o valor disponibilizado tem sido de R$ 500,00. Já os 474 mil que estão matriculados nos demais anos, séries e modalidades de ensino, a quantia concedida é R$100,00.

De acordo com a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, beneficiários que não conseguiram sacar o incentivo durante o atual cronograma, terão uma nova oportunidade em data a ser divulgada. “Portanto, você que é aluno da rede pública estadual, fique atento, verifique se está apto para receber neste último dia de pagamento e dirija-se até o Banpará. É o Governo do Pará que cuida das pessoas, que constrói  diariamente o fortalecimento da educação”, ressaltou.

Requisitos

Algumas documentações são necessárias para que o saque seja autorizado: declaração de matrícula expedida no site da Seduc; documento oficial com foto (Carteira de Trabalho, RG ou CNH) e comprovante de vacinação contra a Covid-19 (exigido para maiores de 12 anos). Alunos com idades inferiores a 18 anos, os pais ou responsáveis devem apresentar o seu CPF durante o atendimento bancário para que o pagamento seja liberado.

Por fim, vale lembrar que o funcionamento das agências do Banpará na capital é das 9h às 15h. Nos demais municípios paraenses o atendimento é das 9h às 14h.

Texto: Vinícius Leal/ Ascom Seduc

Por Luana Laboissiere (SECOM)

Categorias: Notícias

Usina da Paz Icuí-Guajará, em Ananindeua, promove ação voltada para as mulheres

qua, 16/02/2022 - 09:11
16/02/2022

A iniciativa mobilizou as secretarias da Sespa, da Sejudh, da Sectet, da Fundação Parapaz e orientou sobre saúde, direitos do consumidor, entre outros serviços

 

Recomeço, foi assim que a dona de casa Eliane Batista, 42 anos, definiu o momento que está vivendo. Ela foi uma das participantes da ação voltada para mulheres que ocorreu, na manhã desta terça-feira (15), na Usina da Paz Icuí-Guajará, em Ananindeua. 

"Hoje estou fazendo esse curso de cupcake de páscoa, o que é muito importante porque eu estou querendo recomeçar e me reinventar, já que agora pretendo trabalhar no ramo alimentício, saber lidar com o alimento e precificar é muito importante e tudo isso estou aprendendo nesse curso. Aqui na comunidade estávamos precisando de um espaço assim que nos desse oportunidade de nos profissionalizarmos e hoje essa ação voltada para nós mulheres foi de extrema importância, agora pretendo realizar outras atividades voltadas para a área da gastronomia’’, disse a participante. 

A iniciativa foi realizada pelas secretarias de Saúde (Sespa), de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) e a Fundação Parapaz. Durante a ação, foram disponibilizadas orientações sobre os direitos do consumidor, material informativo sobre direitos da mulher, massagens, atrações culturais, palestra informativa sobre a importância de acompanhamento médico e realização de exames de rotina para a prevenção de doenças em mulheres e testagem de HIV, sífilis e hepatite, balcão cidadão e assistência social, atendimento de orientação sobre o direito da mulher e rede de serviços, oficina de cupcake de páscoa, e entre outros serviços.

"Ficamos muito feliz em realizar essa ação que tem como objetivo contemplar as mulheres, que é um público presente aqui na Usina da Paz Icui-Guajará, e com a proximidade do Dia Internacional da Mulher resolvemos fazer essas atividades voltadas para elas. Aqui as integrantes puderam participar de palestras, capacitações, atividades de dança entre outros serviços. Além disso foi montado um espaço para relaxamento onde elas receberam massagens terapêuticas’’, ressaltou o gerente geral da Usina da Paz Icuí-Guajará, Alex Melul. 

A dona de casa Diene dos Santos, 29 anos, estava atenta a roda de conversa sobre violência doméstica, ela ressaltou a importância de ações como essas voltadas para as mulheres.

"A Usina da Paz esta proporcionando mudança na vida das pessoas aqui da comunidade e na da minha família não está sendo diferente, aqui os meus três filhos estão praticando modalidades esportivas e eu realizando cursos. Hoje estou participando de mais essa ação voltada para as mulheres, participei de várias coisas, inclusive, da palestra, que foi importante porque abordou sobre a violência doméstica e as suas várias formas’’, afirmou a Diene, moradora do bairro do Icuí-Guajará, há 20 anos. 

A artesã Arlete Souza, 60 anos, estava animada para participar da aula de dança. "Essa ação foi muito boa porque nos conscientiza em relação aos nossos direitos, e também com relação

a saúde, porque é muito bom praticar esportes, eu gosto muito de dançar, por isso também aproveitei a aula de ritmos. A Usina da Paz, esta melhorando as nossas vidas, aqui podemos realizar diversas atividades e eu estou aproveitando essa oportunidade, já fiz vários cursos e pretendo fazer ainda mais.’’, disse a participante.

Mais sobre a Usina

A Usina realiza diversas atividades para o público, em geral. São ofertados mais de 80 serviços gratuitos, disponibilizados pelos órgãos públicos e as entidades parceiras do Estado. A UsiPaz tem espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade.

Também há espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca. Além disso, é disponibilizado pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa) sinal de wi-fi gratuito para os usuários da Usina da Paz.

Texto: Elizabeth Teixeira (Ascom/Seac)

Fotos: Ascom/Seac

Categorias: Notícias

Páginas